Esporte

Campeão do UFC duvida que Ronda voltará a ser dominante como no passado

L.E. Baskow/Las Vegas Sun
Daniel Cormier também atua como comentarista para a Fox Imagem: L.E. Baskow/Las Vegas Sun

Ag. Fight

30/01/2017 13h43

Ainda pouco se sabe sobre o futuro de Ronda Rousey, mas tem muita gente que está sempre disposta a dar um pitaco sobre a ex-campeã feminina dos galos (61 kg) do UFC. Quem resolveu falar sobre a loira agora foi Daniel Cormier, campeão dos meio-pesados (93 kg) do Ultimate.

Em entrevista ao site TMZ, DC se mostrou bastante cético com relação ao futuro de ‘Rowdy’. Para o campeão, o jogo pouco diversificado de Ronda, que sempre se apoiou em suas finalizações para derrotar suas oponentes, não tem mais espaço no atual momento que o MMA vive. Cormier ainda apontou outras atletas que ele considera “mais completas” que a norte-americana.

“Ela pode ser a pessoa que era há alguns anos? Eu não acredito. Esse jogo tem envolvido para um ponto que seria muito difícil isso, especialmente se o seu jogo é limitado. Novamente, eu amo a Ronda, mas o boxe dela não parece ter melhorado. Ela não chuta para poder ir lá e colocar alguém para baixo e poder fazer o jogo de grappling. Eu não sei se isso funciona mais. Acho que Amanda Nunes, Julianna Peña e Valentina Shevchenko têm mostrado como o nível das lutas femininas têm crescido em um período muito curto de tempo”, afirmou o campeão dos meio-pesados.

Ronda ficou mundialmente famosa pela sua facilidade em finalizar suas lutas. Por pelo menos nove vezes na carreira, a americana venceu seus combates em menos de um minuto. Segundo Cormier, esses tipos de triunfos não devem mais ocorrer, já que hoje em dia as lutadoras se conhecem e se estudam mais.

“Ela pode entrar lá e ganhar algumas lutas? Sim. Ela pode bater uma mulher em 10 segundos, 19 segundos ou 38 segundos? Acho que esses dias se foram. Isso não acontece mais, todos estão muito bem protegidas”, concluiu.

Ronda Rousey possui um cartel de 12 vitórias e duas derrotas em sua carreira. Esses dois reveses aconteceram exatamente em suas duas últimas lutas, diante de Holly Holm e Amanda Nunes. Diante da brasileira, a americana sucumbiu em apenas 48 segundos por nocaute.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo