Esporte

Dana White diz que Jon Jones lutará pelo cinturão assim que voltar

Reprodução/ FloGrappling
Imagem: Reprodução/ FloGrappling

Ag. Fight

01/02/2017 11h37

O futuro de Jon Jones já está traçado. E quem definiu isso foi o presidente do UFC, Dana White. O dirigente garantiu nessa terça-feira que assim que acabar a suspensão do ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) ele voltará ao octógono mais famoso do mundo para disputar novamente o cinturão que um dia já esteve em sua posse.

A revelação foi feita em entrevista ao podcast ‘UFC Unfiltered’. E como o atual campeão dos meio-pesados, Daniel Cormier, defenderá seu título contra Anthony Johnson em 8 de abril, o dirigente acredita que a volta de Bones – prevista para julho deste ano – deve casar perfeitamente com o período em que o vencedor já poderá estar apto a atuar mais uma vez.

“Jon Jones é esperado para voltar em meados de julho, então o ‘timing’ é perfeito. Eu não falei com ele. Não falei com ele desde todo aquele incidente (no UFC 200). Dependendo de onde está a cabeça do Jon e onde ele acha que está, eu acredito que ele voltaria e tentaria pegar seu cinturão novamente”, disse o presidente do UFC.

Dana White foi questionado sobre a relação da volta de Bones com a de Ronda Rousey. A americana também ficou pouco mais de um ano afastada do octógono após perder para Holly Holm. Na volta foi escalada para disputar o cinturão do Ultimate diretamente com Amanda Nunes e acabou nocauteada em apenas 48 segundos.

“Se você vai entrar lá e fazer isso, pelo menos vá e tente pegar seu cinturão de volta. É como todos estão falando que Ronda deveria ter luta de “aquecimento”, mas não tem isso. Quando você entra no top 10 do mundo, todos são indigestos. O que você não quer fazer é perder para um (ranqueado em) oitavo, nono ou décimo. Isso o coloca para fora do top 10 e não faz sentido”, concluiu.

Enquanto ainda não tem definida a data e o adversário de sua volta, Jon Jones segue realizando outras atividades, como praticar tiros com os amigos. O americano possui 29 anos e não luta desde abril do ano passado, quando venceu Ovince St. Preux por decisão unânime.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo