Esporte

Presidente do UFC revela que ofereceu a Nick Diaz duelo contra Demian Maia

Steve Marcus/Getty Images/AFP
Nick Diaz não sobe no octógono desde janeiro de 2015 Imagem: Steve Marcus/Getty Images/AFP

Ag. Fight

01/02/2017 11h28

Apesar de estar liberado para voltar a lutar desde agosto passado depois de cumprir um ano e meio de suspensão pelo flagrante em um exame antidoping por uso de maconha, Nick Diaz ainda não tem data para voltar a subir no octógono. No entanto, oportunidade não faltou ao atleta. O meio-médio (77 kg) teve oferta para fazer uma revanche contra Robbie Lawler e recusou. Agora, o presidente do UFC, Dana White, revelou que fez mais uma tentativa para colocar o californiano de volta em ação: um duelo contra o brasileiro Demian Maia.

Em entrevista ao programa de podcast ‘UFC Unfiltered’, Dana lembrou que Nick recusou uma revanche contra Lawler. Além disso, o dirigente revelou que, caso o californiano não aceite o combate com Demian Maia, promoverá um duelo entre o brasileiro e Jorge Masvidal – o americano nocauteou Donald Cerrone no último sábado (28).

“Eu ofereci ao Nick Diaz uma luta contra o Robbie Lawler e ele recusou. O Lawler aceitou a luta mas o Nick não, então estou procurando outra pessoa para o Lawler no momento.  Eu acabei de falar com a equipe dos Diaz e perguntei o que acham de uma luta contra o Demian Maia. Ainda não recebi resposta deles. Se o Nick não quiser, darei essa luta para o Jorge Masvidal”, declarou.

Ex-campeão dos meio-médios do WEC e do Strikeforce, Nick Diaz não sobe no octógono desde janeiro de 2015, quando enfrentou Anderson Silva em um duelo que acabou sem resultado devido ao flagrante no doping de ambos os atletas. Aos 33 anos de idade, o californiano coleciona na carreira um cartel com 26 vitórias, nove derrotas e duas lutas sem resultado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo