Esporte

Dana White classifica irmãos Diaz como mais difíceis para negociar lutas

05/02/2017 12h00

Dana White falou sobre o desejo de levar o UFC para Rússia - Diego Ribas

Dana White já teve brigas históricas com importantes lutadores – Diego Ribas

Não deve ser fácil administrar e ter que lidar com as vontades de cerca de 500 atletas. E quem sabe muito bem disso é Dana White, presidente do UFC. O dirigente já se envolveu em diversas e lendárias polêmicas com lutadores como Tito Ortiz, Anderson Silva, Roy Nelson e até mesmo Conor McGregor. Mas ele elegeu quem são os seus empregados mais difíceis de lidar: os irmãos Diaz.

A escolha não chega a surpreender, já que Nate e Nick Diaz possuem um histórico de polêmicas e estão acostumados a falarem o que pensam sempre. Dana White não teve muita dificuldade em apontar a dupla como sua maior dor de cabeça no momento, mas preferiu ficar em cima do muro quando perguntado sobre quem seria essa pessoa em toda a história do Ultimate.

“O mais difícil para entrar no octógono? Agora, são os irmãos Diaz. Mas ao longo da história eu não sei”, respondeu o dirigente ao ser questionado pelo jornal ‘USA Today’.

Aproveitando o assunto, Dana White tratou de revelar que está tentando encontrar uma luta para os irmãos, mas eles não têm facilitado. Segundo o dirigente, Nick Diaz já recusou dois adversários e Nate ainda não respondeu sobre uma proposta que lhe foi feita recentemente.

“Nós acabamos de oferecer uma luta ao Nate Diaz e estamos aguardando uma resposta, então vamos ver. Esses caras dizem que querem uma luta, mas eu ofereci duas lutas ao Nick Diaz. Ele recusou as duas. Ofereci ele para o Robbie Lawler. Robbie Lawler aceitou a luta. Então ofereci ele ao Demian Maia. Nick Diaz recusou as duas lutas. Então acabamos oferecemos uma luta ao Nate”, disse.

Nick Diaz não luta desde janeiro de 2015, quando perdeu para Anderson Silva, mas teve o resultado da luta cancelado após os dois atletas serem flagrados no doping. O americano já está livre da suspensão por maconha, mas ainda não retornou ao octógono. Seu irmão, por sua vez, não atua desde agosto do ano passado, quando perdeu a revanche para Conor McGregor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo