Esporte

Lutador do UFC é inocentado mesmo após falhar em exame antidoping; entenda

Matthew Childs / REUTERS
Imagem: Matthew Childs / REUTERS

Ag. Fight

07/02/2017 12h38

Em janeiro de 2016, o lutador do Ultimate Daniel Omielanczuk testou positivo para a substância meldonium, banida pela WADA (agência internacional de controle antidopagem) no mesmo mês daquele ano. No entanto, após analisar a situação do atleta, a USADA (agência americana de controle antidopagem), entidade que regula o doping no UFC, anunciou que o polonês não será punido pela violação ao exame.

Através de um comunicado emitido na última segunda-feira (6), a entidade revelou que comprovou que o polonês ingeriu meldonium em 2015, antes de a substância se tornar proibida pela WADA. Dessa forma, o atleta não chegou a violar as regras antidoping que estavam em vigor na época.

Lutador profissional desde 2009, Omielanczuk foi contratado pelo UFC em 2013. Aos 34 anos de idade, o polonês coleciona na carreira uma cartel com 19 vitórias, seis derrotas, um empate e uma luta sem resultado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo