Esporte

Anderson Silva nega fase ruim e revela planos caso vença no UFC 208

Ag. Fight

08/02/2017 15h18

Sem vencer uma luta profissional desde 2012, Anderson Silva voltará ao octógono mais famoso do mundo neste sábado (11) diante do americano Derek Brunson no UFC Brooklyn, em Nova York (EUA). Será a chance do atleta de 41 anos dar a volta por cima nos recentes resultados negativos e problemas que teve em sua carreira. Mas será mesmo que Spider vive um momento ruim?

Na opinião do próprio lutador, não. Anderson recebeu a imprensa nesta quarta-feira (8) no local onde lutará no sábado para uma série de perguntas e respostas. E o atleta ainda atrai muito atenção da mídia brasileira e internacional. Quando questionado pela Ag. Fight sobre quem ele achava que poderia ser seu sucessor como principal nome do MMA no Brasil, Spider aproveitou para negar o momento ruim.

“Não estou vivendo uma fase conturbada… Cada um tem sua história e tem a oportunidade de escrever sua história. Estou escrevendo a minha e não tem como comparar nenhum atleta ou lutador do UFC. Cada um tem a sua história e o seu objetivo”, afirmou o ex-campeão dos médios (84 kg).

Sobre a luta de sábado, Anderson se mostrou bastante confiante na vitória. O brasileiro garantiu que sairá do octógono com a mão levantada e ainda revelou quais são os seus planos para depois do duelo contra Derek Brunson.

“Se eu vencer no sábado eu vou… Se vencer, não. Vou vencer no sábado e vou para casa com a minha família para continuar com os meus projetos fora da luta e depois vou ver o que vai acontecer. Tenho alguns filmes que estão vindo por aí e vou voltar a estudar e fazer esses compromissos fora da luta. Vamos ver”, afirmou.

Apesar da seca de vitórias, Anderson Silva ainda é o sétimo colocado no ranking dos médios e um vitória pode fazê-lo voltar a sonhar com uma disputa pelo cinturão. Ainda mais porque o atual dono do título é o inglês Michael Bisping, que venceu o brasileiro no ano passado de maneira contestável.

Outro que está na fila por uma chance de disputar o título e vem de nocaute diante de Vitor Belfort é Ronaldo ‘Jacaré’, companheiro de treino e amigo de Spider. Mas será que Anderson furaria a fila para buscar o cinturão? Anderson preferiu deixar essa questão para Dana White e companhia.

“Não sei. Isso não depende de mim ou do Jacaré. Isso depende do UFC, do Dana. Eles que sabem o que é melhor para os fãs e para o UFC, né? Eu estou aqui para lutar. Ainda tenho um contrato com o UFC e uma ótima relação com o UFC”, resumiu.

A primeira luta do UFC 208 acontece às 22h (horário de Brasília) de sábado. O card principal terá início à 1h da manhã de domingo. O duelo principal da noite será entre Holly Holm e Germaine De Randamie, válido pelo cinturão feminino inaugural dos penas (66 kg).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo