Esporte

Anderson Silva coloca legado em jogo de olho no cinturão do UFC

11/02/2017 06h00

3 - Diego Ribas

Anderson Silva retorna ao octógono neste sábado diante de Derek Brunson – Diego Ribas

Anderson Silva deixou claro mais uma vez que gosta de apostar alto. Depois de encarar um jejum de vitórias de mais de quatro anos, o veterano volta ao octógono do UFC neste sábado (11) para encarar Derek Brunson em duelo que pode levar o ‘Spider’ ao céu ou ao inferno na organização.

Após de passar quatro meses na China, onde gravava seu novo filme, Anderson retornou ao Brasil e aceitou o convite do UFC para “salvar” o card do show a ser realizado na cidade de Nova York (EUA). Afinal, sem apresença de Cris ‘Cyborg’, a disputa inaugural do cinturão dos penas (66 kg) feminino não teria apelo necessário para, mesmo liderando o card, garantir bons números na venda  de pay-per-vews. E com apenas cinco semanas de treino o veterano parece ter feito a escolha decisiva.

Caso vença o americano, o ex-campeão dos médios (84 kg) deve ter a chance de enfrentar Michael Bisping pelo cinturão do evento e, assim, furar a fila de nomes como Yoel Romero e Ronaldo ‘Jacaré’, atletas mais bem ranqueados do que ele. A possibilidade, além de ser real, também garantia não apenas uma sobrevida do atleta de 41 anos no esporte como também aceleraria o processo para apagar a mancha das derrotas.

Tudo isso, claro, colocando a chance de revanche em seu poder. Afinal, Bisping o venceu de forma até contestada por sua equipe em fevereiro de 2016 e desde então fez apenas lutas importantes e rentáveis financeiramente. Ou seja, um prato cheio para o ‘Spider’.

No entanto, as mesmas cinco semanas de treino aliadas à queda de rendimento dos últimos anos e à má fase colocam Anderson em situação delicada. Enquanto derrota para o então desafiante número um Chris Weidman e para os veteranos Michael Bisping e Daniel Cormier acenderam o alerta, um tropeço diante de um desconhecido para o grande público seria um desastre.

Mais novo, especialista em wrestling, estilo de jogo que tende a complicar a movimentação de Anderson no octógono, Derek vem de derrota no cage e está de Anderson no ranking oficial da categoria. Sem grande visibilidade, não apenas o americano não seria o degrau esperado para alçá-lo à uma chance pelo título como também deve garantir, no mínimo, que ele repense de vez sua carreira em caso de derrota. A sorte está lançada!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo