Esporte

'Dolorido', Anderson Silva enaltece fãs: "Orgulho de ser brasileiro"

Ag. Fight

13/02/2017 16h14

Após mais de quatro anos sem vencer uma luta oficial de MMA, Anderson Silva deu a volta por cima e reencontrou o caminho das vitórias no UFC 208. O brasileiro fez luta dura contra o americano Derek Brunson, em combate realizado no último sábado (11) em Nova York (EUA), e levou a melhor por decisão unânime dos juízes laterais. E ainda no clima do resultado positivo que pôs fim a sequência de quatro derrotas e um ‘no contest’, ‘Spider’ usou uma de suas contas nas redes sociais para enaltecer o orgulho de ser brasileiro e mandar uma mensagem motivacional para os seus fãs.

Nitidamente emocionado ainda no octógono, quando chorou após ter seu braço levantado e a vitória anunciada, Anderson Silva demonstrou ter superado as lesões, o recente problema com doping e fez questão também de homenagear aqueles que o ajudaram na preparação para o duelo. No texto publicado em seu perfil no Instagram, o brasileiro usou uma foto junto com seus treinadores para ilustrar a mensagem.

“Fiz de coração. Fico feliz pois faço isso porque amo, por mim, pela minha família e para aqueles em que o nosso trabalho faz diferença. Podem ter certeza, meu povo, tenho um grande orgulho de ser brasileiro. O que corre nas minhas veias hoje é a vontade de ser mais feliz. Quando estou lutando, deixo o menino que cresceu num bairro pobre ser feliz plenamente e com muito orgulho. Represento não só meus fãs pelo mundo, mas as cores verde e amarela do meu Brasil por onde luto. Não nasceu para se manter fora do pódio? A gente bate, apanha, mas nunca desiste”, escreveu na rede social.

“Meu povo, meu Brasil, meus fãs do mundo todo. Hoje é mais um dia daqueles que você acorda com tudo dolorido, com o corpo parecendo que foi todo amassado, mas feliz por ter dado mais uma vez alegria e o prazer de torcer para os brasileiros e fãs de todo o mundo”, completou.

Aos 41 anos, Anderson Silva é considerado o maior nome da história do Ultimate e o rosto do MMA no Brasil. E após o resultado positivo do último sábado, ele vê a chance de lutar pelo cinturão peso-médio (84 kg) da organização, que foi seu entre os anos de 2006 e 2013, ainda mais clara. Atual campeão, Michael Bisping foi um dos que venceu o Spider recentemente.

Confira a publicação abaixo:

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

 

 

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo