Esporte

Marreta nocauteia com lindo chute rodado e campeão do TUF Brasil perde

Ag. Fight

19/02/2017 21h05

O Brasil iniciou o UFC Fight Night 105, disputado neste domingo (19) em Halifax (Canadá), com uma notícia boa e outra ruim. Enquanto Thiago ‘Marreta’ se recuperou das derrotas seguidas e venceu Jack Marshman com um nocautaço, Reginaldo Vieira não teve a mesma sorte e foi derrotado por decisão dos juízes diante de Aiemann Zahabi no card preliminar do evento.

Marreta começou colocando muito bem em prática a sua estratégia. Na primeira metade do round, o brasileiro conseguiu a queda e passou a aplicar o ground and pound. No entanto, a luta voltou a ficar em pé e, faltando cerca de 40s para acabar o primeiro assalto, Marshman acertou um golpe potente que levou Thiago ao solo. O carioca conseguir se reerguer e levar até o fim dos cinco minutos iniciais.

O brasileiro respirou bem no intervalo entre assaltos e voltou ao segundo round pedindo animação para a torcida. E o bom astral parece que deu resultado. Após alguns segundos de trocação equilibrada, Marreta acertou um lindíssimo chute alto giratório que pegou em cheio na cabeça do lutador de País de Gales. Com o adversário no chão, Thiago Santos ainda acertou mais alguns golpes que fizeram o árbitro central interromper o duelo.

“A luta estava meio complicada. É um cara difícil e que tem um boxe bom. Eu estava me sentindo bem. Os golpes estavam entrando e estava gostosinho. Eu gosto disso. Entrou um que eu senti e o joelho dobrou, mas levantei rapidamente. Tomar e dar porrada faz parte. Eu gosto disso”, analisou o brasileiro ainda dentro do octógono.

Foi um triunfo importante para Marreta, que vinha de duas derrotas seguidas para Gegard Mousasi e Eric Spicely. O brasileiro conta com um cartel de 14 vitórias e cinco derrotas.

Reginaldo perde a segunda

Campeão do TUF Brasil 4, Reginaldo Vieira não deixou o octógono mais famoso do mundo tão feliz quanto Marreta. Diante do estreante Aiemann Zahabi, o paulista acumulou a sua segunda derrota seguida no Ultimate e começa a ver sua situação no torneio perigar.

Zahabi começou melhor. Atuando em casa, o canadense foi para cima do brasileiro e conseguiu acertar golpes potentes que fizeram até Reginaldo balançar e sentir bastante. Acontece que o paulista parece ter acordado com o momento difícil e depois equilibrou o assalto inicial com boas combinações e seguidas quedas.

O assalto seguinte vinha bastante equilibrado até os últimos segundos. Foi aí que o canadense acertou uma boa sequência e conseguiu um knockdown. Reginaldo deu sorte que já estava no final do round. E na parcial final houve equilíbrio, mas na visão dos juízes Zahabi viveu momentos mais felizes e, por isso, foi considerado vencedor por decisão unânime dos juízes laterais.

CARD PRELIMINAR

Aiemann Zahabi venceu Reginaldo Vieira por decisão unânime dos juízes laterais;
Thiago ‘Marreta’ venceu Jack Marshman por nocaute no segundo round;
Gerald Meerschaert venceu Ryan Janes por finalização (chave de braço) no primeiro round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo