Esporte

Técnico cita Bisping e McGregor como rivais ideais para St-Pierre em volta

AP Photo/The Canadian Press/Ryan Remiorz
Imagem: AP Photo/The Canadian Press/Ryan Remiorz

Ag. Fight

21/02/2017 10h53

Após o anúncio do retorno de Georges St-Pierre ao UFC, a expectativa para ver o maior meio-médio (77 kg) da história da organização em ação novamente é grande. Enquanto o ex-campeão ainda não tem adversário e nem data para a sua reestreia, o treinador do canadense, Firas Zahabi, já sabe muito bem quem ele quer que o seu pupilo enfrente. Curiosamente, os dois atletas que o técnico tem em mente são de categorias diferentes.

Em entrevista no programa ‘The MMA Hour’, Zahabi revelou que gostaria de ver GSP enfrentando Michael Bisping, campeão dos médios (84 kg), ou Conor McGregor, dono do cinturão dos leves (70 kg). Na opinião do treinador, essas duas lutas seriam épicas e evitariam um possível confronto contra Stephen Thompson, antigo companheiro de treino do canadense.

“Eu não sei se o meu cenário ideal ainda é viável, mas eu estava feliz quando havia um papo sobre Bisping ou McGregor. Eu acho que essas duas lutas seriam épicas. Em uma, ele baixaria um pouco (de peso); na outra, ele subiria um pouco. Mas são duas lutas muito, muito intrigantes. É claro que o Tyron Woodley é o campeão meio-médio e etc, mas ele tem a sua luta contra o Wonderboy. E se o Wonderboy vencer, eles terão uma trilogia. E é claro que nós não queremos lutar contra o Wonderboy, nós temos uma história antiga”, analisou.

De acordo com Zahabi, o objetivo de St-Pierre atualmente não é a conquista do cinturão meio-médio, mas sim uma luta que empolgue os fãs. E para o treinador, nada melhor para isso do que um duelo contra Conor McGregor.

“Então eu acho que o título meio-médio não é algo que ele está pensando nesse momento por causa da atual situação, mas sempre tem o cinturão dos médios. E claro, o McGregor é uma estrela tão grande que se você colocar esses dois em um 'main event', acho que não tem uma pessoa no mundo que não assistiria. Até quem não é fã de MMA assistiria essa luta”, declarou.

Em novembro de 2013, GSP anunciou uma aposentadoria após fazer sua nona defesa de cinturão ao vencer Johny Hendricks no UFC 167. Agora, mais de três anos depois, o ex-campeão está de volta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo