Topo

Esporte

Evento árabe confirma edição em Abu Dhabi duas semanas depois de Curitiba

26/02/2017 16h00

Brave fará sua primeira edição em Abu Dhabi logo após Curitiba - Divulgação

Brave fará sua primeira edição em Abu Dhabi logo após Curitiba – Divulgação

Com sua estreia internacional marcada para o dia 18 de março, em Curitiba (PR), a organização Brave Combat Federation, do príncipe do Bahrein, deu mais um passo em sua expansão e confirmou que a quarta edição do evento acontecerá menos de duas semanas após o card brasileiro na cidade de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

Juntamente com o anúncio do evento, a organização também confirmou a luta principal da noite: a disputa do cinturão inaugural da categoria peso-pena (66 kg) entre o ex-UFC Masio Fullen, do México, e Elias Boudegzdame, da Argélia.

Masio já havia sido escalado pelo Brave para uma disputa de título em dezembro, mas seu adversário na ocasião, o também ex-UFC Alan Omer, acabou se lesionando e o duelo foi cancelado. A mudança de categoria de Omer, que subiu para os leves (70 kg), abriu espaço para Boudegzdame, que teve uma das atuações mais impressionantes do Brave 2, em dezembro, ao finalizar o veterano Walel Watson ainda no primeiro assalto.

Segundo o presidente do Brave, Mohammed Shahid, este será o maior card já realizado na história do Oriente Médio. “Nós temos os maiores astros da região, e estrelas internacionais suficientes para promover grandes lutas e é isso que vamos fazer. Anote minhas palavras: este será o maior card da história do Oriente Médio”, disse o dirigente.

No dia 18 de março, o evento chega à Região Metropolitana de Curitiba, no Ginásio Max Rosenmann em São José dos Pinhais para o Brave 3: Battle in Brazil. O card será encabeçado pelo duelo entre os rivais Lucas ‘Mineiro’ Martins e Paulo ‘Bananada’ Gonçalves.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte