Esporte

Bisping: "St-Pierre escolheu lutar comigo por achar que sou um rival fácil"

Hans Gutknecht/Los Angeles Daily News via AP
Michael Bisping é o atual campeão peso-médio (84 kg) do UFC Imagem: Hans Gutknecht/Los Angeles Daily News via AP

Ag. Fight

02/03/2017 11h01

O Ultimate definiu na quarta-feira que o retorno de Georges St-Pierre será diante de Michael Bisping, em duelo válido pelo cinturão dos médios (84 kg). E ficou claro que a escolha partiu muito mais do canadense do que propriamente do atual campeão, que apenas se mostrou muito aberto ao duelo, mas aguardou o contato da cúpula do torneio para dizer sim. Agora, por que GSP quer encarar o britânico?

Bom, parece que o próprio Michael Bisping tem a resposta para esse questionamento. Em entrevista ao ‘UFC Tonight’, programa oficial do Ultimate, o campeão dos médios foi perguntado exatamente sobre isso e não mediu palavras. Para o inglês, St-Pierre escolheu enfrentá-lo porque acredita ser o caminho mais fácil para voltar a figurar no topo do maior torneio de MMA do mundo.

“Ele me escolheu porque ele acha que pode me bater. Eu treinei com ele 11 anos atrás e ele me superou. Agora, voltando até aquele momento, eu era um kickboxer vindo da Inglaterra. Eu não sabia a diferença entre uma 'double leg' e um ônibus de dois andares. Mas toda vez que nós treinamos ele me colocou para baixo. Ele acha que eu ainda sou aquele cara. Ele acha que sou um oponente fácil, uma escolha fácil. Ele me escolhei para voltar da aposentadoria e subir de divisão. É quase como se ele não tivesse nada a perder, mas se ele subir de categoria e me vencer, ele se tornará uma lenda”, afirmou Bisping.

A escolha da luta, no entanto, não agradou a todos. Atletas como Yoel Romero e Ronaldo ‘Jacaré’, que estavam muito próximos de uma possível disputa de cinturão, agora terão que esperar por mais algum tempo que nem eles mesmos sabem quanto será. Bisping disse que entende o lado desses lutadores, mas negou se arrepender da decisão de aceitar o duelo.

“Sei que existem pessoas lá fora que estão me criticando. Dizendo que eu deveria lutar com o desafiante número 1, caras como Yoel Romero e eles estão absolutamente certos. Mas coloque a questão para você: se você é o Yoel Romero ou Luke Rockhold ou o (Ronaldo) Jacaré ou qualquer um desses caras. Se te oferecessem uma luta com o GSP, tenho certeza de que você pegaria essa luta. Então por que eu não deveria fazer o mesmo. Mereço essa luta não apenas pelo pagamento, mas pelo meu legado”, concluiu.

Ainda não há data certa e nem local para Michael Bisping medir forças com Georges St-Pierre. O canadense ainda precisa passar por um período de três meses de testes pela USADA (agência norte-americana de controle antidopagem) para depois poder marcar seu retorno ao octógono.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo