Esporte

GSP chama Bisping de bêbado, que rebate: "Podemos lutar agora"

03/03/2017 19h03

Michael Bisping e Georges St_Pierre fcaram frente a frente pela primeira vez - Diego Ribas

Michael Bisping e Georges St_Pierre fcaram frente a frente pela primeira vez – Diego Ribas

Confirmado no início da semana, o duelo entre Michael Bisping e Georges St-Pierre, embora ainda sem data oficial para acontecer, ganhou forma nesta sexta-feira (3) com a coletiva de imprensa realizada na cidade de Las Vegas (EUA). E, como esperado, o lutador inglês deu mais um show de provocações.

Campeão dos pesos-médios (84 kg), Bisping atrasou cerca de 30 minutos, o que pareceu irritar Dana White, e ao subir no palco gritou que ninguém se interessava com o que o canadense tinha para falar. E desde então, a coletiva se tornou um verdadeiro campo de batalha verbal, com direito a próprio canadense.

“Onde você esteve? Estava bêbado? Sua voz está diferente, Michael. Esteve bebendo ontem?”, provocou, sem chegar perto de irritar o rival, especialista na arte do trash talk. “Eu bebi a minha carreira toda. Sou inglês. E estou em Vegas. Quando é a luta, Georges? Eu posso lutar agora. Essa é a diferença entre a gente. Eu sei um lutador e você é um atleta”.

Aparentando cansaço e certa falta de paciência com o canadense, Bisping questionou diversas vezes a postura do oponente. Afinal, após mais de três anos sem lutar, o ex-campeão meio-médio (77 kg) se recusou a falar de seus planos para o futuro e apenas garantiu que, perto de completar 36 anos, assinou um longo contrato com o UFC.

“Fale para eles os seus planos,por favor. Vamos lá, quase quatro anos, esse é o seu momento. Eu sei porquê voê aceitou essa luta. Você acha que é uma luta fácil. Foi assim com o Anderson Silva e com o Luke Rockhold, e eu venci eles. Nocauteei o Luke no primeiro round. Você não quis lutar com o Anderson, mas agora quer lutar comigo”, provocou.

De fato, uma luta do canadense com Anderson Silva foi especulada por anos, mas sempre esbarrou em diferenças de pesos, salários e disponibilidade. Fatores que foram resolvidos agora e deixaram em segundo plano o cubano Yoel Romero, número um do ranking e virtual desafiante ao título dos médios.

“Eu avisei o Dana. Nunca recusei uma luta na minha vida. Vou vencer o Georges e não vou me machucar. Seis semanas depois eu vou enfrentar o Romero”, prometeu Bisping.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo