Esporte

Aposentado, Tito Ortiz aponta Belfort como rival mais duro da carreira

AP Photo/David Becker
Imagem: AP Photo/David Becker

Ag. Fight

08/03/2017 05h00

 

No último dia 21 de janeiro, Tito Ortiz fez a última luta de sua carreira de quase 20 anos dedicados ao MMA. Ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC, o ‘Campeão do Povo’ integra o Hall da Fama do Ultimate e encarou os melhores lutadores de sua geração. E dentre todos os seus adversários nos seus mais de 30 duelos, o americano apontou ninguém menos que Vitor Belfort como o oponente mais duro que já enfrentou no "cage".

Ortiz e Belfort se mediram forças há mais de dez anos atrás no UFC 51, evento realizado em fevereiro de 2005. Na ocasião, o americano levou a melhor em uma decisão dividida dos juízes. E de acordo com o ex-campeão, o brasileiro lhe deu trabalho ao fraturar seu nariz logo no início do combate.

“O adversário mais difícil que eu já enfrentei foi o Vitor Belfort. Nós lutamos por três rounds e eu tive meu nariz quebrado no primeiro minuto e meio de luta. Mas consegui colocar meu coração e minha determinação em jogo e garantir a vitória. Decisão dividida”, recordou em conversa com jornalistas durante o evento ‘MMA Awards 2017’, realizado em Las Vegas (EUA).

Após experimentar quase um ano e meio sem lutar antes de subir pela última vez no "cage", Ortiz sabe dos perigos que um período afastado do esporte pode trazer. E, por isso, o americano fez um alerta para Georges St-Pierre, que retornará ao octógono depois de mais de três anos: fazer um combate contra um adversário mais fraco antes de brigar por um título. Contudo, já foi anunciado que GSP enfrentará Michael Bisping pelo título dos pesos-médios (84 kg).

“GSP está fora há bastante tempo e espero que ele tenha uma luta de aquecimento antes de lutar pelo cinturão. Mas a escolha é dele. Como manager, eu diria para ele fazer isso Quando você fica fora por tanto tempo assim, você tem que se acostumar a encarar os fãs e as lutas novamente. Isso faz a maior diferença. Nós vimos a Ronda Rousey voltar de um nocaute e lutar pelo título e ela claramente não estava pronta. Ela não aqueceu para lutar pelo cinturão. Espero que o GSP faça a escolha certa. Eu sou um grande, grande fã do GSP”, declarou.

A última luta de Ortiz foi contra Chael Sonnen no Bellator 170. Na ocasião, o "Campeão do Povo" venceu por finalização ainda no primeiro round. Aos 42 anos de idade, o americano colecionou na carreira um cartel com 19 vitórias, 12 derrotas e um empate.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo