Esporte

Após vaias em Fortaleza, Serginho Moraes pede por Top 10 do UFC

12/03/2017 16h05

Serginho Moraes venceu Davi Ramos por decisão unânime dos juízes laterais - Inovafoto

Serginho Moraes venceu Davi Ramos por decisão unânime dos juízes – Inovafoto

Disputado nesse sábado (11), o UFC Fortaleza contou com apenas uma luta entre brasileiros. E foi justamente no duelo entre Serginho Moraes e Davi Ramos que o público presente no Centro de Formação Olímpica (CFO) não gostou do que viu e passou a vaiar os atletas pela pouca movimentação ao longo dos 15 minutos de combate.

Declarado vencedor por decisão unânime dos juízes laterais, Serginho admitiu que não fez a sua melhor apresentação da carreira. O motivo, segundo o paulista, foi a mudança de adversário faltando pouco mais de uma semana, já que antes ele teria pela frente o norte-americano Max Griffin, que se machucou.

“A luta foi difícil, mas normal. Queria ter me apresentado melhor, mas mudou de adversário faltando uma semana. Estava treinando para um adversário totalmente diferente, de repente ele se machuca e vem um cara tão bom quanto eu no chão. Tenho que me preocupar com a luta no chão também, sabia que tinha o risco de um golpe encaixar e eu ou ele bater. É complicado. Segui a estratégia do córner, manter a luta em pé, golpeando quando ele abria espaços. É complicado falar, mas acho que ganhei a luta fácil, mas nada de espetáculo”, afirmou o resignado lutador.

Serginho vem de sete lutas sem conhecer derrota no maior torneio de MMA do mundo. São seis vitórias e um empate que o colocam como dono de um dos melhores retrospectos recentes da divisão dos leves (70 kg). E é por causa disso que o especialista em jiu-jitsu subiu o tom na entrevista após a luta e pediu para encarar um Top 10 na próxima vez que subir no octógono novamente.

“Pegar um novato é sempre difícil, porque você nunca assistiu ele. Mas eu trabalho para o UFC e quem eles mandarem para mim, eu vou lutar. Mas acho que já estou na sétima vitória nessa categoria, já lutei com um cara do top 10, já finalizei e eu mereço um top 10. Uma luta marcada, certa e que ele não se machuque. Eu quero lutar com um top 10, mas deixo para o UFC decidir. Entre os 10, escolhe um e manda”, disse Serginho, que garantiu estar disposto a retornar ao octógono o quanto antes.

“Estou pronto. Segunda-feira estou na academia. Já aprendi que só treinando a gente evolui. Por isso, melhor voltar o quanto antes para evoluir mais”, concluiu.

Aos 34 anos de idade, Serginho detém um cartel de 12 vitórias, duas derrotas e um empate no MMA profissional.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo