Werdum promete reunião com Dana para explicar piadas que o afastaram da TV

Ag. Fight

  • Reprodução

    Werdum é o atual primeiro colocado na divisão dos pesados do UFC

    Werdum é o atual primeiro colocado na divisão dos pesados do UFC

Sem lutar desde maio de 2016, quando perdeu o cinturão dos pesos-pesados do UFC para Stipe Miocic, Fabrício Werdum viu no flagra de Ben Rothwell no exame antidoping mais uma luta retirada dos seus planos, o que lhe garante tempo extra em sua agenda. Por isso, o brasileiro já sabe como aproveitar a folga.

Depois de ser vetado das transmissões do UFC no canal Fox Sports para a América Latina, Werdum acabou sendo deixado de lado também na corrida pelo cinturão e viu o compatriota Junior 'Cigano' ser escalado para a missão, tudo isso por causa de seu protesto público contra a parceria entre o evento e a Reebok. Dessa forma, para colocar um ponto final à polêmica, o atleta revelou que quer visitar Dana White em Las Vegas (EUA) para explicar seu lado nessa  história.

"Talvez semana que vem eu vá para Las Vegas encontrar meu empresário e encontrar ele para conversar. As pessoas não entendem, eu faço muitas piadas. Talvez eles não me entendam, quero conversar com ele e me explicar. Talvez faça uma piada para ele ", narrou em conversa com o programa 'MMA Hour'.

Na época, quando retirado das transmissões da Fox Sports, Werdum reclamou publicamente e garantiu insatisfação com a maneira do evento de lidar com a situação. Passados alguns meses, porém, seu discurso está mais ameno e o atleta demonstra vontade de retomar a boa relação com os patrões.

"Eu trabalho muito para o UFC. Trabalho muito pelos fãs na América Latina. Fiz várias entrevistas que o UFC pediu. Quero ir lá e tomar um café com ele, explicar que sou UFC 100%", prometeu veterano antes de garantir que enterrou a briga após ter sido preterido na busca pelo cinturão.

"Sim, eu achava que era o próximo da lista. Eu achava que a minha luta com o Velaquez era uma semifinal. Não lutei e achava que seria eu. O UFC quis o Cigano, claro que fiquei chateado, mass é isso. No dia 13 de maio, já disse que estarei esperando. Se algo acontecer e alguém se machucar, estarei dentro", afirmou se referindo à disputa entre Cigano e Miocic, que encabeça o show de número 211, em Dallas, no Texas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos