Esporte

Campeão do UFC traça plano de GSP: "Bisping, Demian e McGregor"

31/03/2017 11h47

Georges St-Pierre enfrentará Michael Bisping pelo cinturão dos pesos-médios - Diego Ribas

Georges St-Pierre enfrentará Michael Bisping pelo cinturão dos pesos-médios – Diego Ribas

Dono do cinturão dos pesos-médios (84 kg), Michael Bisping dará as boas-vindas a Georges St-Pierre, que retorna ao octógono do UFC após mais de três anos de inatividade. E como o duelo deve acontecer em julho – “cenário perfeito”, disse Dana White – e os próximos passos de algumas categorias parecem ser fáceis de ler, o atleta inglês se arriscou em traçar os planos a curto, médio e longo prazo para o rival canadense.

A começar por ele mesmo, primeiro atleta a encarar o ex-campeão dos meio-médios (77 kg) que fará sua estreia na divisão de cima já disputando o cinturão que um dia foi de Anderson Silva. Na sequência, caso vença, GSP teria como meta reaver seu posto na antiga divisão antes de apontar sua artilharia para uma disputa multimilionária contra Conor McGregor.

“Isso é o que eu acho que é o plano do GSP. Ele volta, luta comigo e me vence. Nesse tempo, Demian vence o Jorge Masvidal e luta como Tyron Woodley.  GSP acredita, e já disse isso, que o Maia vence Woodley. Então, depois de lutar comigo, ele lutaria com o Maia. Vagaria o cinturão dos médios e voltaria para os meio-médios. Ele lutaria com o Maia porquê, estatisticamente, é uma luta boa para ele”, afirmou em conversa com a rádio SiriusXM.

E o plano mirabolante não parece impossível. Enquanto Demian Maia encara Jorge Masvidal no dia 13 de maio, em Dallas (EUA), Tyron Woodley segue sem adversário e à espera da definição de seus próximos passos no octógono. Por sua vez, Conor não deve lutar MMA este ano e segue negociando uma disputa de boxe contra Floyd Mayweather. Soma-se a isso, ainda, a declaração do próprio St-Pierre de que estaria pronto para competir em três categorias de peso e sempre com o intuito de cravar seu nome na história do esporte.

“Depois disso, ele vagaria o título e lutaria com o Conor McGregor pelo título dos leves. Esse é seu plano de mestre. Te garanto isso. E se ele conseguir executar, então ele seria definitivamente o maior lutador de MMA de todos os tempos. A luta contra Conor seria quase tão grande, talvez, como Conor x Mayweather”, narrou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo