Esporte

Ex-UFC é condenado por 13 crimes, mas vai cumprir pena em liberdade

Divulgação
Jason Miller foi liberado a cumprir a pena de 100 dias de prisão em liberdade Imagem: Divulgação

Ag. Fight

05/04/2017 20h02

Reincidente.

Essa palavra descreve o lutador Jason Miller, ex-UFC que foi preso sete vezes nos últimos quatro anos, incluindo três ocasiões em que brigou com policiais – sim, isso mesmo. E foi justamente por esses crimes que o veterano de 36 anos foi condenado nesta quarta-feira (5) por 13 acusações que envolviam agressões, resistências a prisão e outro delitos.

Nada, porém, que o colocará atrás das grades.

Com um corpo de advogados eficiente, Miller foi liberado a cumprir a pena de 100 dias de prisão em liberdade, já que, na última vez que brigou com oficiais, passou 50 dias trancafiado à espera de seu julgamento.

Como cometeu diversos crimes repetidamente, o veterano ficará em liberdade condicional por três anos e, caso não cumpra a promessa de ficar longe de problemas, deverá passar um longo período preso sem direito a apelação. Vale lembrar ainda que, no início de fevereiro, o lutador foi inocentado da acusação de agredir a ex-namorada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo