Esporte

Prestes a lutar nos leves, Do Bronx desabafa: Penas é minha categoria certa

Anne-Marie Sorvin/USA Today Sports
Imagem: Anne-Marie Sorvin/USA Today Sports

Ag. Fight

05/04/2017 09h00

 

Um dos atletas que mais sofrem com a balança do UFC, Charles ‘Do Bronx’ fará a sua reestreia na divisão dos leves (70 kg) neste sábado (8), diante de Will Brooks. E a mudança de categoria vem após o paulista não conseguir bater o peso dos penas (66 kg) em duas das últimas três vezes em que subiu no octógono. Isso quer dizer que o atleta irá de mudar de vez para a nova divisão? Não necessariamente.

Em entrevista à Ag. Fight, apesar de garantir que não foi forçado pelo Ultimate a subir de categoria, Charles Oliveira afirmou que não se enxerga longe dos 66 kg. Na visão do brasileiro, a divisão de baixo é aquela que mais o deixa em igualdade de condições com os seus oponentes, tanto com relação a força quanto a peso.

“Apareceu a luta e a gente pegou. E aí já é uma ideia para saber o que faz. Pode até ser que seja um experimento. No 66 kg tem bem mais peso para perder, mas na hora da luta, eu luto de igual para igual. Corto mais ou menos o mesmo peso e a força é a mesma pegada. Já nos 70 kg eu sofro menos para perder, mas tem uma galera bem mais forte e de pegada de nocaute. Os penas é a categoria certa para continuar lutando” garantiu o paulista.

“Quero fazer essa luta de 70 kg e depois sentarei com meus técnicos para decidir o que é melhor. Eu, Charles Oliveira, quero muito voltar para os penas de novo. É ali que eu acho que me dou bem e onde é justo estar lutando. Foco nesta luta para depois ver o que vai fazer”, completou.

O brasileiro aproveitou para fazer uma rápida avaliação de Will Brooks e principalmente falar da última luta do americano, quando perdeu para Alex ‘Caubói’ por nocaute no terceiro round. Do Bronx conseguiu enxergar o caminho que deve seguir para repetir o resultado do compatriota e sair com o braço levantado.

“O Brooks é um cara difícil, que foi campeão do Bellator. Merece todo o respeito e é experiente. Na luta com o Alex, ele fez a estratégia certa, sempre colado na grade. Teve uma história de que o Brooks estava machucado também, mas o Alex fez a estratégia certa e esse pode ser um caminho. Jogar pressionando na grade para não dar espaço”, concluiu.

O UFC 210 terá como luta principal da noite o encontro entre Daniel Cormier e Anthony Johnson, válido pelo cinturão dos meio-pesados (93 kg).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo