Esporte

Weidman promete calar os que duvidam de sua vitória sobre Mousasi

John Locher/AP Photo
Imagem: John Locher/AP Photo

Ag. Fight

06/04/2017 06h00

 

Apesar de não viver o melhor momento de sua carreira, Chris Weidman já demonstrou suas habilidades ao ser o primeiro atleta a vencer Anderson Silva no Ultimate e conquistar o cinturão peso-médio (84 kg) anos atrás. Tal feito provou que o americano é capaz de silenciar os que duvidam de sua capacidade, e é com essa mesma expectativa de calá-los novamente que ele garante estar focado para seu duelo no próximo sábado (8).

Weidman enfrentará Gerard Mousasi na luta co-principal do UFC 210, evento que será realizado na cidade de Buffalo em Nova York (EUA), e revelou que as dúvidas sobre como será sua performance após as derrotas em suas últimas apresentações o motivaram ainda mais durante a preparação para o confronto. E, por isso, o americano garantiu em entrevista ao site 'FOX Sports' que não treina apenas para se tornar o melhor mas também para chegar ao topo e calar seus críticos.

"Mesmo que você não queira prestar atenção, você sabe o que as pessoas estão pensando. Amo ser motivado por pessoas que duvidam. Existem definitivamente muitas  pessoas que duvidam agora mesmo que pensam que eu estou acabado e há também as que pensam que estou longe de estar acabado. Isso me empolga e ajuda a me esforçar ainda mais em cada uma das atividades. Não apenas para me tornar o melhor que posso ser como para estar no topo e provar que algumas pessoas estavam erradas. Este é um ótimo lugar para se estar, é uma hora maravilhosa", relatou o ex-campeão dos médios.

No intuito de alcançar seu objetivo de lutar por seu cinturão e silenciar os que duvidam de sua vitória, Weidman garantiu que estará preparado para tudo no próximo sábado. E para realizar seu desejo o americano de 32 anos não terá vida fácil, já que Mousasi acumula quatro vitórias consecutivas na categoria. No entanto, o ex-campeão dos médios cravou que quando está no ápice de sua forma física ninguém pode vencê-lo.

"Isso é tudo, é tudo para mim. Esse é meu caminho de volta ao topo ou não. Preciso fazer tudo que posso em meu treinamento, nenhuma caixa não terá sido checada. Apenas fazer tudo o que posso. Quando faço isso, ninguém pode me bater. Me sinto tão bem nesse camp, não me sinto assim há algum tempo e espero que isso se traduza em uma vitória dominante. Sei que irá . Ele é um cara perigoso, experiente mas não acho que ele tenha nada para mim. Acho que serei demais para ele", completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo