Esporte

UFC 210: Weidman aponta regra para condenar uso de replay em sua derrota

Josh Hedges/Zuffa LLC
Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

Ag. Fight

09/04/2017 04h20

Chris Weidman garantiu insatisfação com a postura da Comissão Atlética – Youtube

Sem sombra de dúvidas, a disputa entre Chris Weidman e Gegard Mousasi foi a mais polêmica da noite do último sábado (8). Depois da paralisação do árbitro, que enxergou nas joelhadas do lutador iraniano golpes ilegais, o replay exibido no telão deixou claro que, além de permitidos, os ataques atordoaram o ex-campeão dos médios (84 kg). No entanto, o uso do recurso técnico, que ditou a mudança no desenrolar do confronto, promoveu nova polêmica na cidade de Buffalo (EUA).

Em conversa com jornalistas logo após o UFC 210, Weidman criticou a postura da Comissão Atlética de Nova York por ter permitido que o árbitro utilizasse o replay, prática considerada ilegal no estado. Desta forma, como o combate havia sido paralisado por um golpe até então considerado ilegal, a disputa poderia, inclusive, ter sido interrompida e a vitória ter sido dada ao americano.

“Me disseram que foi uma joelhada ilegal e que eu teria cinco minutos para me recuperar. Sim, achei que poderia vencer por ter sido um golpe ilegal. Então eu me sentei e depois o árbitro deixou o octógono e olhou o replaye me disse que foi um golpe legal. Mas no estado de Nova York você não é permitido a ver o replay. Então é uma péssma situação”, narrou.

Desta forma, existira uma brecha que permitiria ao atleta apelar para que o resultado do duelo fosse alterado para, quem sabe, forçar uma anulação de sua derrota e promover uma revanche imediata. Reencontro este que o próprio Weidman repetiu seguidas vezes que é o seu desejo para um futuro próximo.

“Foi um nocaute técnico. Nã fui nocauteado ou algo assim. Me disseram que foi ilegal e que eu tinha cinco minutos. Depois me disseram que foi legal. Já passei por coisas piores. Se me falassem que foi uma joelhada legal, adoraria continuar lutando. Adoraria revanche e sei que o Mousasi deve estar bravo também”, finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo