Esporte

Daniel Cormier culpa inatividade por problema com a balança no UFC 210

Ag. Fight

10/04/2017 17h22

Apesar das polêmicas, Daniel Cormier venceu ‘AJ’ no UFC 210 – Diego Ribas

Apesar da surpresa que envolveu a aposentadoria precoce de Anthony Johnson e do final de combate incomum entre Chris Weidman e Gegard Mousasi, o UFC 210 também foi marcado pela polêmica do atual campeão meio-pesado (93 kg) com a balança. O problema de Daniel Cormier para atingir o peso limite de sua categoria foi uma situação inédita em sua carreira como atleta do Ultimate, o que fez com que ele não perdesse tempo em apontar um culpado. E, de acordo com o americano, o grande intervalo de tempo entre suas últimas apresentações foi a principal razão para ter falhado em um primeiro momento.

Em entrevista ao programa ‘The MMA Hour’, nesta segunda-feira (10), o campeão relatou que seu corpo foi afetado pela falta de frequência em subir aos octógonos no último ano. Isso porque Cormier lutou apenas duas vezes desde 2016, cenário completamente oposto ao dos dois anos anteriores, quando atuou por cinco vezes e se estabeleceu como um dos melhores meio-pesados do mundo. E foi justamente essa inatividade que o americano também usou para garantir que o corte de peso para sua revanche contra Anthony Johnson foi o mais difícil de sua carreira.

“Com 100% de certeza , o mais difícil de longe. No começo da minha carreira eu batia 93 kg… No começo da minha carreira até 93 kg era mais fácil  porque eu lutava com mais frequência. Lembre-se que eu enfrentei Patrick Cummins, Dan Henderson, depois enfrentei Jones, depois Gustafsson e ‘Rumble’. Tudo isso foi no primeiro ano e meio, a cada três meses eu estava lutando. Depois do Gustafsson eu tive quase nove meses, depois oito meses, muito tempo entre as lutas. Preciso estar mais ativo, assim meu peso não fica tão alto e também o corpo se acostuma a cortar peso de novo”, garantiu.

Campeão desde maio de 2015, Cormier viu seu título escorrer pelas mãos quando bateu o peso de 93,5 kg em sua primeira subida a balança, meio quilo a mais do que o limite de sua categoria. Foi então que americano teve uma segunda chance concedida pela Comissão Atlética do estado de Nova York e, dois minutos depois, bateu a marca necessária. No entanto, apesar de ter alcançado seu objetivo inicial, DC não escondeu os momentos de aflição pelos quais passou no curto intervalo de tempo entre o instante de sua falha e do cumprimento de seu objetivo.

“ Pensei: ‘Meu Deus, o que está acontecendo? Como isso pode estar acontecendo? Vou perder o título na balança?’, esse tipo de coisa. A comissão… eu estava reclamando que a balança não estava correta, disse que queria me pesar novamente, que minha balança havia mostrado que estava com 93 kg. Também falei que chequei a semana toda e não sabia qual era o problema, e depois eles disseram que eu poderia me pesar novamente. Me falaram que eu também teria duas horas porque é uma luta de título, e que se não batesse voltaria para lá e perder o peso sobressalente. Eles me informaram nos bastidores enquanto eu estava reclamando, eu não sabia até aquela hora”, afirmou.

Além de se aprofundar sobre os detalhes que podem ter afetado seu corte de peso para o combate contra Anthony Johnson, DC revelou que só quebrou o protocolo e deixou adversário ser o primeiro a conceder a entrevista no octógono pois seu oponente o revelou anteriormente sobre sua aposentadoria precoce. O campeão garantiu também que só tomou tal atitude porque queria ver como os fãs reagiriam.

“Ele me disse: ‘DC, essa é minha última luta, vou me aposentar’, e então disse para ir na frente, porque sinto que tenho respeito por ele e por tudo que fez. Deixei ele dizer sua parte e depois eu faço minha coisa. Queria ver como o público reagiria para saber como agir. Se ele agirem desse forma, ok, se quiserem ovacioná-lo, aproveitem porque eu ainda estou aqui com a vitória. Façam o que quiserem”, completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo