Esporte

St-Pierre ironiza diferença de tamanho a favor de Michael Bisping

Reprodução / Youtube
Georges St-Pierre enfrentará Michael Bisping pelo cinturão dos pesos-médios Imagem: Reprodução / Youtube

Ag. Fight

17/04/2017 15h32

A diferença de tamanho é um dos aspectos mais relevantes para um combate de MMA, já que uma maior envergadura assim como quilos a mais podem trazer benefícios enquanto o duelo se desenrola tanto na trocação quanto na luta no solo. No entanto, Georges St-Pierre, maior atleta da história dos meio-médios (77 kg) do UFC e que retornou de aposentadoria no começo do ano de 2017, fez questão de minimizar os centímetros a mais de Michael Bisping, campeão peso-médio (84 kg) contra quem disputará o título ainda este ano.

Sem lutar desde novembro de 2013, quando venceu Johny Hendricks em sua nona defesa de cinturão – o recorde da divisão dos meio-médios -, ‘GSP’ deixou a modéstia de lado e fez questão de garantir que a única vantagem de Bisping será o tamanho, já que, na sua opinião, o inglês é inferior tecnicamente e mentalmente. Para o canadense, a diferença de altura de cinco centímetros fará diferença apenas quando o campeão dos médios for derrubado.

“É claro que Michael Bisping estará maior que eu, mas acho que essa será a única vantagem que ele terá . Tecnicamente, taticamente e atleticamente sou superior a ele. Não interessa se ele é mais alto ou maior que eu. A única diferença que isso fará será quando ele cair no chão, porque aí o barulho será maior”, relatou em entrevista ao site RT ‘Sport’.

Apesar do combate ser um dos mais aguardados do mundo das lutas no ano de 2017, o Ultimate ainda não confirmou a data nem o local do duelo. E em meio a essa indefinição, Michael Bisping aproveitou para dar um ultimato ao ex-campeão meio-médio e indicar que, caso ele não aceite uma data até o mês de julho, cederia a chance a Yoel Romero, atual primeiro colocado do ranking da divisão. No entanto, o canadense revelou acreditar que todo o discurso do inglês não passa de um blefe.

“Acho que ele está mentindo. Sei que ele quer me enfrentar, quero lutar com ele e ambos sabemos que essa luta lhe renderá mais dinheiro. A decisão cabe a ele, mas se ele quiser, eu estou pronto para fazer isso . É para quem estou me preparando. Se as coisas mudarem, terei que me ajustar e me adaptar rapidamente, mas isso não é problema. Eu consigo fazer isso. Mas ele é o cara, é o dono do cinturão. Para mim, ele é o rival mais valioso e eu sempre foco no maior alvo”, analisou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo