Esporte

Veteranos do UFC dão show em evento de Bruno Gagliasso

Ag. Fight

29/04/2017 00h41

Giovanna e Bruno ficaram na primeira fileira acompanhando as lutas – Divulgação

Ocorrido nesta sexta-feira (29), na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, o Fight2Night, evento de MMA idealizado pelo ator Bruno Gagliasso, contou com diversos famosos e boas lutas. A noite foi especial para alguns veteranos que já estiveram no maior torneio de MMA do mundo, como Paulo Thiago e Luiz Banha. Os dois fizeram as lutas mais aguardadas da noite e tiveram experiências completamente diferentes diante de rivais estrangeiros.

Paulo Thiago usou o jiu-jitsu, que é a sua especialidade, para finalizar Fayçal Hucin ainda no primeiro assalto. O ex-policial do BOPE colocou o francês para baixo, montou e usou a força para conseguir aplicar a chave de braço e obrigar o rival a desistir.

Já na luta principal, decepção para o Brasil. Em apenas 39s, Matt Hamill atropelou Luiz Cané, o Banha. Depois de juntar o brasileiro no clinch, o americano que, assim como o brasuca, já atuou no Ultimate, disparou potentes golpes que derrubaram o oponente e fizeram o árbitro interromper o combate.

Ex-Pride nocauteado

Com 42 anos e mais de 50 lutas no cartel, o experiente Akihiro Gono não foi páreo para o jovem Killys Mota. O paulista de apenas 26 anos foi superior nos dois primeiros rounds e finalizou o combate com um nocaute técnico no terceiro assalto, chegando ao seu décimo triunfo na carreira que ainda não conta com derrota.

GP dos meio-médios

Na disputa do Grand Prix dos meio-médios (77 kg), William Patolino e Handesson Ferreira fizeram a luta mais esperada. Isso porque o segundo pediu para encarar o ex-UFC durante a pesagem, e o carioca não fugiu do chamado. Quando o juiz central autorizou o início da peleja, quem levou a melhor foi Patolino por decisão dividida e polêmica.

Mas a melhor luta ficou por conta de Eduardo Garvon e Junior Orgulho. Em um confronto cheio de altos e baixos de ambos os lados e muita provocação – principalmente por parte do paranaense de 21 anos -, Garvon levou a melhor na decisão dos juízes laterais.

Na única luta sem a presença de brasileiros, o argentino Marias Juarez levou a melhor diante do paraguaio Jorge Daniel La Terra após interrupção médica e Edi de Castro aplicou um belo nocaute em Luiz Cado no combate restante.

Famosos presentes

O evento também ficou marcado pela presença de vários famosos. A convite de Bruno Gagliasso, nomes como o dos atores Caio Castro, Felipe Tito, Giovanna Lancellotti e, claro, Giovanna Ewbank, mulher do organizador, acompanharam as lutas. Ex-jogadores como Paulo Nunes, Amaral e Junior Baiano também apareceram.

Card principal

Matt Hamill venceu Luiz Banha por nocaute no primeiro round;
Paulo Thiago venceu Fayçal Hucin por finalização (chave de braço) no primeiro round;
Virna Jandiroba venceu Ericka Almeida por decisão dividida dos juízes laterais;
Killys Mota venceu Akihiro Gono por nocaute no terceiro round.

GP dos meio-médios

Eduardo Garvon venceu Junior Orgulho pode decisão unânime dos juízes laterais;
William Patolino venceu Handesson Ferreira por decisão dividida dos juízes laterais;
Matias Juarez venceu Jorge Daniel La Terra por interrupção médica no intervalo para o terceiro round.
Edi de Castro venceu Luiz Cado por nocaute técnico no primeiro round.

Card preliminar

Marina Alcalde venceu Samara Marituba por decisão unânime dos jurados;
Jhonata Silva venceu Victor Carvalho por nocaute técnico no terceiro round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo