Esporte

Canelo domina Julio Cesar Chavez Jr. e vence "Guerra Mexicana" no boxe

Ethan Miller/AFP
Canelo Alvarez acerta Julio Cesar Chavez Jr em luta em Las Vegas Imagem: Ethan Miller/AFP

Ag. Fight

07/05/2017 01h22

Realizada neste sábado (6) em Las Vegas (EUA), a ‘Guerra Civil Mexicana’ consagrou o jovem Saul Canelo Alvarez como grande nome do pugilismo latino. Com uma vitória por decisão unânime (120 contra 108) sobre o ex-campeão mundial em duas categorias de peso Julio Cesar Chavez Jr., o atleta de 26 anos chegou à marca de 49 vitórias, uma derrota e um empate e se consolidou como a grande aposta da ‘Golden Boy Promotions’ para liderar o mercado americano de boxe.

Diante de um ginásio T-Mobile Arena lotado, Canelo contou com apoio incontestável das arquibancadas, que deixaram de lado o legado do multicampeão Julio Cesar Chavez, pai de seu rival e maior campeão da história de seu país, e torceram por ele em larga maioria na noite que marcou a “invasão” mexicana na cidade de Las Vegas.

Para o duelo sair do papel, os eternos rivais tiveram que optar por uma solução que agradasse às duas equipes. Para isso, um peso-combinado de 164,5 pounds (cerca de 74, 700 kg) foi estipulado como meio termo para que Canelo subisse dois quilos e seu rival descesse outros dois. Dessa forma, a diferença de tamanho foi minimizada e o embate pôde ter lugar justo um dia depois do tradicional feriado de 5 de maio – que celebra a vitória do exército mexicano sobre o francês em 1862.

Apelidada de ‘Guerra Civil’, a luta fez jus ao tema dentro do ringue com uma batalha de nervos entre os protagonistas da noite. Desde o início, Canelo, favorito nas bolsas de apostas, se apresentou como agressor e dono do centro do ringue. Embora a contundência dos golpes não tenha pesado para nenhum dos atletas nos três primeiros rounds, o domínio territorial e o volume de ataques garantiram a vantagem ao mais jovem dos competidores.

Alternando ganchos na linha da cintura com cruzados na cabeça, o atual campeão dos médios-ligeiros pela Organização Mundial de Boxe (WBO) ganhou terreno e obrigou o oponente a andar para trás, em perseguição constante que não lhe deu tempo ao rival de utilizar sua maior envergadura.

Com a vantagem no placar, Canelo diminuiu o ritmo de golpes e investiu mais em ataques precisos e potentes. Tática que surtiu efeito logo no quarto e quinto assalto, quando uppers de encontro furaram a defesa do oponente de 31 anos, que abaixava a cabeça e linha na tentativa de dificultar a angulação dos golpes do favorito.

No sexto e sétimo rounds, com Canelo menos agressivo e mais cansado, as ações se equilibraram e Chavez conseguiu em duas ocasiões colocar o oponente nas cordas, para delírio de sua pequena torcida, que a cada vibração era abafada pelos gritos dos demais presentes no ginásio.

Apesar de diminuir o ritmo, Saul Alvarez mantinha a vantagem das ações e, por vezes no contragolpe, aproveitou a dificuldade do oponente de jogar na curta distância para conectar combinações de golpes no corpo e cabeça, o que deixou o rosto de Chavez marcado e abalado ao final do nono assalto.

Com triunfo garantido e com o rival já avariado, coube ao vencedor administrar nas etapas finais, o que desagradou a torcida em alguns momentos. Ritmo cadenciado este que reinou entre os assaltos de número 10 e 12, sempre debaixo de muita reclamação dos fãs.

Com o triunfo, Canelo voltou a ver seu nome cogitado para enfrentar o atleta do Cazaquistão Gennady Gennadyevich Golovkin, que estava acompanhando a luta na primeira fileira. Aos 31 anos, Julio Cesar Chavez Jr agora acumula três derrotas em deu cartel, que conta com 50 vitórias e um empate na carreira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo