Topo

MMA

Dana White planeja encontro com Spider: "Sei que não está feliz comigo"

Felipe Dana/AP
Anderson Silva desabafa sobre sua situação no UFC Imagem: Felipe Dana/AP

Ag. Fight

12/05/2017 11h14

A relação entre Anderson Silva e Ultimate azedou de vez recentemente. Tudo porque as duas partes não entraram em um acordo para que o Spider pudesse lutar no UFC 212, evento programado para dia 3 de junho, no Rio de Janeiro. O que fará com que Dana White, presidente do torneio, tenha uma conversa pessoal com o brasileiro para tentar resolver a situação.

Anderson enfrentaria Kelvim Gastelum no UFC Rio 8, mas seu oponente caiu no doping por uso de maconha. Com isso, o brasileiro passou a negociar um novo oponente com a organização, inclusive pedindo pelo cinturão interino dos médios (84 kg) para que aceitasse um duelo com Yoel Romero e ameaçando se aposentar caso isso não ocorresse.

“Você não pode exigir uma luta pelo cinturão ou (ameaçar): ‘Eu vou me aposentar’. Especialmente quando você sabe que minha filosofia é que se você apenas mencionar a palavra ‘aposentadoria’ é porque você deveria se aposentar. Eu sei que ele não está feliz comigo. Ele e eu vamos sentar olho no olho”, garantiu o dirigente em entrevista à rádio ‘CBS Sports’.

“No fim das contas, apesar de o Anderson Silva ter ficado maluco no Instagram e dito todas aquelas coisas agora, ele é um cara bem legal. Ele está bravo agora e precisamos sentar. Tudo é melhor cara a cara, então provavelmente eu preciso voar para Califórnia e conversar com ele em breve. Muito breve”, completou.

Apesar de admitir que terá uma conversa franca e direta com Spider, Dana White negou ter qualquer tipo de culpa na desistência de Anderson em lutar no Rio. Como prova disso, o dirigente relembrou as tentativas de casamento de lutas como com Vitor Belfort e Luke Rockhold.

“Eu tenho que lidar com toneladas de personalidades e egos diferentes, e muitas coisas diferentes com todos os atletas que eu lido. Anderson Silva sempre foi um desses caras que é único na hora de negociar, mas nunca nesse nível. Eu não fiz o Kelvin Gastelum testar positivo para maconha e sair da luta. E nós tentamos fazer outras lutas para conseguir oponentes para ele”, explicou Dana White.

Na noite da última quinta-feira, ainda como forma de demonstrar a sua irritação com o Ultimate, Anderson Silva chegou a propor aos seus fãs que peçam o dinheiro de volta dos ingressos já comprados para o UFC Rio. O brasileiro ainda não definiu o seu próximo passo no MMA.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!