Esporte

Demian Maia vence sétima seguida e garante luta por cinturão do UFC

Ag. Fight

14/05/2017 00h45

O card principal do UFC 211, evento realizado em Dallas (EUA), contou com duelos de tirar o fôlego dos torcedores que compareceram ao ginásio American Airlines Center. Como destaque da primeira parte do grupo das estrelas da noite, o brasileiro Demian Maia deu novo show de jiu-jitsu diante de Jorge Masvidal e garantiu sua sétima vitória seguida no evento e, desta forma, se colocou como o próximo desafiante ao cinturão dos meio-médios (77 kg).

Melhor no assalto inicial, o brasileiro repetiu a dinâmica que o tornou famoso no MMA. Queda, passagem de guarda e pegadas pelas costas e um mata-leão que foi muito bem defendido pelo adversário que caiu por cima nos últimos 15 segundos, tempo em que buscou punir no ground and pound como pôde.

Na etapa seguinte, Demian sofreu para derrubar e e foi vítima de fortes chutes altos do americano de origem cubano. Já no final do assalto, um queda e nova pegada pelas costas terminou por cansar o adversário e provou que o especialista em jiu-jitsu ainda estava vivo na disputa.

No último e decisivo round, com os dois atletas cansados, Demian dosou melhor o gás e arriscou sua primeira queda após a marca de dois minutos. E ela foi perfeita, o que lhe garantiu novas transições que culminaram com outra pegada de costas,  de onde não saiu mais.

Ao final da luta, assim que os juízes decidiram a seu favor por decisão dividida, Demian foi pedir pessoalmente por uma chance de enfrentar o campeão Tyron Woodley ao presidente Dana White. E ele aceitou: “Você conseguiu”, bradou o cartola.

Experiência vence

A promessa mexicana Yair Rodriguez entrou no octógono do evento para dar o maior passo de sua carreira. Diante de Frankie Edgar, ex-campeão dos pesos-leves (70 kg) e ex-desafiante ao título dos pesos-penas (66 kg)em duas oportunidades, o jovem lutador não teve chance e sucumbiu diante da pressão e experiência do oponente.

Explosivo, o americano encurtou a distância e jogou no ‘infight’ desde o início para evitar os famosos e potentes chutes do adversário. E, na primeira brecha que teve, uma queda seguida de duros golpes no ground and pound selaram a supremacia no round inicial.

Filme este que se repetiu na etapa seguinte. Depois de derrubar, Edgar viu o atleta mexicano ir afoito para uma chave de joelho e se expor durantes minutos preciosos. Alternando defesas precisas no chão e golpes por cima, o americano terminou o segundo assalto com a certeza da vitória.

Abatido, Yair, que a essa altura ostentava um grande inchaço no olho esquerdo além de abundante sangramento, viu o árbitro interromper seu retorno ao combate e decretar o triunfo do oponente.

Confira os resultados do UFC 211:

Demian Maia venceu Jorge Masvidal por decisão dividida;
Frankie Edgar venceu Yair Rodríguez por nocaute técnico no 2º;
Dave Branch venceu Krzysztof Jotko por decisão dividida;
A luta entre Eddie Alvarez e Dustin Poirier terminou em 'No Contest';
Jason Knight nocauteou Chas Skelly no 3º round;
Chase Sherman nocauteou Rashad Coulter no 2º round;
James Vick nocauteou Marco Polo Reyes no 1º round;
Cortney Casey venceu Jessica Aguilar por decisão unânime;
Enrique Barzola venceu Gabriel Benítez por decisão unânime;
Gadzhimurad Antigulov finalizou Joachim Christensen no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo