Topo

MMA

Anderson Silva explica polêmica envolvendo ingressos para UFC 212

Diego Ribas/Ag. Fight
Anderson Silva explicou declaração sobre UFC no Rio de Janeiro Imagem: Diego Ribas/Ag. Fight

Ag. Fight

15/05/2017 16h57

Após ter a exigência de enfrentar Yoel Romero no UFC 212, valendo o cinturão interino dos pesos-médios (84 kg), negada pelo presidente do UFC, Dana White, Anderson Silva se retirou definitivamente do card do show que será realizado no Rio de Janeiro no próximo dia 3 de junho. Mas não sem antes protagonizar uma polêmica.

Por meio de sua conta no Instagram, Anderson respondeu diretamente a mensagem de um de seus fãs que, em tom de desabafo, afirmou que não sentia mais motivação de comparecer ao show após a saída do ex-campeão. Sem perder tempo, o ‘Spider’ apontou que ele, assim como outros torcedores, poderiam pedir de volta o dinheiro gasto na compra do ingresso.

Obviamente, a declaração de Anderson não foi vista com bons olhos por Dana White, que tratou de detonar o brasileiro e sugerir que a atitude do atleta seria desrespeitosa com os outros lutadores do card – como, por exemplo, José Aldo, que defenderá o título dos penas (66 kg) no main event do show. Mais uma vez, o Spider recorreu às redes sociais para dar a sua versão sobre a suposta devolução dos ingressos.

“Pessoal, que fique bem claro, primeiramente eu respondi a uma dúvida de alguns dos meus fãs a respeito da devolução dos ingressos, pois alegaram que só iriam a luta porque eu iria lutar. E com todo o respeito que tenho aos meus fãs, expliquei que eles tem o direito de pedir o dinheiro de volta. Então que fique claro para o Dana e para todos, que não existe uma questão pessoal, ou briga com o UFC. O certo é o certo, o justo é o justo, não existe jogo sujo. Quem vai para assistir os outros lutadores, não vai deixar de ir. Respeito todos que irão lutar no evento, mas também respeito o questionamento dos meus fãs”, escreveu no Instagram.

Apesar da polêmica, Dana já deixou claro que planeja sentar para conversar com o Spider. Aos 42 anos de idade, Anderson coleciona na carreira um cartel com 34 vitórias, oito derrotas e um empate.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!