MMA

Comissão da Califórnia aprova mudanças em pesagem e criação de categorias

Brunno Carvalho/UOL
Imagem: Brunno Carvalho/UOL

Ag. Fight

17/05/2017 11h59

 

A Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC, na sigla em inglês) aprovou nessa terça-feira (16) mudanças significativas no método de pesagem para eventos de MMA, além de aprovar a criação de outras quatro categorias. A intenção é dar mais proteção aos atletas que correm riscos ao cortarem peso drasticamente para competir em divisões mais baixas.

O órgão elaborou uma lista com dez itens que devem ser mudados com o tempo. Entre as principais alterações está a criação de quatro novas categorias: 165 libras (74,8 kg), 175 libras (79,4 kg), 195 libras (88,5 kg) e 225 libras (102,1 kg). Além disso, a multa para os atletas que não baterem o peso por mais de uma vez promete ficar mais salgada.

Por fim, uma pesagem extra no dia do evento deve ser implementada para se ter certeza de que os atletas não exageraram no corte de peso. Qualquer lutador que recuperar mais do que 10% do seu peso corporal pode ser convidado a subir de categoria.

As medidas tomadas tiveram o apoio de grandes eventos de MMA, como o UFC, o Bellator e o Invicta FC, e já poderão entrar em vigor a partir do dia 15 de junho. Mesmo assim, os eventos terão tempo para adotar as novas regras, sem a obrigatoriedade de já darem início ao processo.

Ou seja, o UFC 214, marcado para o dia 29 de Julho, em Anaheim (Califórnia), ainda poderá ter os moldes antigos. Confira abaixo os dez itens elaborados pela CSAC:

1 – Solicitar aos lutadores de MMA que escolham a divisão mais baixa para competir e fazer questionamentos sobre o corte de peso e desidratação a se fazer antes das lutas. A divisão escolhida deve ser aprovada por um médico;

2 – O competidor que falhar na pesagem é multado em 20% de sua bolsa, com 10% indo para a comissão e 10% para o oponente, além de uma multa de 20% do bônus de vitória do competidor, com todo o dinheiro indo para o oponente;

3 – Quatro classes de peso adicionais – 165 libras (74,8kg), 175 libras (79,4 kg), 195 libras (88,5 kg) e 225 libras (102,1 kg) – para dar aos atletas mais opções;

4 – Mudanças na política de como as lutas são aprovadas, com ênfase na categoria de peso apropriada;

5 – Restrição de categoria de peso para lutadores que falharem na pesagem mais de uma vez. Esse lutadores podem ser obrigados a competir em categorias mais altas até um médico certificar que está apropriado a retornar e a comissão aprovar;

6 – Continuidade no procedimento de pesagem mais cedo para permitir aos lutadores o máximo de tempo para se reidratar;

7 – Uma segunda verificação de peso no dia do evento para garantir que o lutador não tenha recuperado mais de 10% dos seu peso corporal. Atletas que ganharam muito peso podem ser obrigados a subir de categoria;

8 – Checagem de desidratação por gravidade específica de urina e/ou física por médicos da Comissão;

9 – Uma recomendação de checagem 30 dias e 10 dias para “grandes lutas por título”, similar ao feito pela WBC em lutas de boxe;

10 – Exames e educação para matchmakers, promotores, treinadores e atletas sobre oferecer, aceitar e assinar contratos para lutas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Ag. Fight
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Redação
Na Grade do MMA
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Topo