MMA

Daniel Cormier detona Jon Jones: "Trapaceou por toda a sua vida"

L.E. Baskow/AP
Imagem: L.E. Baskow/AP

Ag. Fight

19/05/2017 06h00

 

O Ultimate Fighting Championship (UFC) finalmente confirmou a aguardada revanche entre Daniel Cormier, campeão meio-pesado (93 kg) da organização, e Jon Jones, antigo dono do posto. Só que com o anúncio de que irão liderar o card do UFC 214, evento que será realizado no próximo dia 29 de julho em Anaheim (EUA), o clima, que já não era bom entre os dois, ficou ainda pior. E após passarem as últimas semanas se provocando via imprensa e redes sociais, ‘DC’ foi além e levantou a possibilidade de que ‘Bones’ tenha se dopado durante toda sua carreira.

Para confirmar seu ponto de vista, o campeão meio-pesado trouxe à tona os problemas enfrentados por Jones nos últimos anos. Entre as situações levantadas por Cormier está o fato de que seu adversário testou positivo para a substância cocaína no exame antidoping realizado pouco depois da primeira luta entre eles.

"Se você está disposto a fazer isso direito antes de uma luta, e isso é algo que pode ser prejudicial para você ir para a frente, por que você não faria algo que poderia ajudá-lo?", afirmou em entrevista ao programa de rádio "The Luke Thomas Show".

"Essa é a minha filosofia. Eu poderia estar errado. Eu acredito que esse cara trapaceou toda a sua vida. Por que não? Se ele estivesse fazendo essas coisas sozinho, por ele mesmo e não afetasse as pessoas, eu provavelmente não diria nada. Mas suas bagunças e confusões também influenciaram muito a minha carreira e a forma como sou percebido", analisou.

Além de levantar a hipótese de que Jon Jones passou toda sua carreira sob o uso de substâncias ilícitas do ponto de vista das regras do MMA, o campeão também não deixou de dar sua opinião ainda maior sobre o uso de drogas. Ao contrário dos que tratam o problema de dependência química como uma situação gravíssima de saúde, DC garantiu que a mazela é apenas uma questão de escolha.

"Um cara disse isso para mim: 'Daniel, se você conhecesse a batalha, nunca diria as coisas que você diz. E eu disse: 'Bem, eu não sei a luta, porque sei o quão perigoso é. Então eu não me meter com isso'. Você não nasceu com problemas de dependência. Você faz a escolha para começar a mexer com isso", completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
EFE
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Topo