Topo

MMA

Dillashaw diz que adversário está fora do UFC 213 e volta a desafiar DJ

Maddie Meyer/Getty Images/AFP
Imagem: Maddie Meyer/Getty Images/AFP

Ag. Fight

20/05/2017 06h00

 

Escalado para fazer a sua primeira defesa de cinturão no UFC 213, Cody Garbrandt já não sabe mais se estará apto a subir no octógono no show que está marcado para o próximo dia 8 de julho. Com uma lesão nas costas, ‘No Love’ viajou para a Alemanha para realizar um procedimento e ainda não foi liberado pelos médicos. E por conta disso, o seu adversário, TJ Dillashaw, já dá como certo o cancelamento do combate e busca um substituto para o campeão.

Durante uma entrevista ao programa ‘Submission Radio’, Dillashaw admitiu que o seu duelo contra Garbrandt ainda não foi oficialmente cancelado. No entanto, o peso-galo (61 kg) fez questão de ressaltar que duvida que o campeão subirá no octógono no UFC 213.

“O Dana disse que, até onde ele sabe, ainda teremos essa luta do dia 8 de julho. Mas, eu duvido disso. O Cody me parece muito fraco mentalmente e ele já está dando desculpas sobre o que está acontecendo com suas costas. Ele disse que está machucado há meses e que era para ser liberado no dia 1° de março”, declarou, antes de desafiar Demetrious Johnson para um duelo valendo o título dos pesos-moscas (57 kg).

“Eu acho que lutar no card do Jon Jones e Cormier, no UFC 214, seria incrível. O Dana já disse que não quer colocar esses caras na luta principal. Então por que não colocar eu contra o Demetrious na frente deles? Que luta maior que essa que eles têm para colocar na frente desses caras?”, sugeriu.

Ex-campeão dos galos, Dillashaw já desafiou Johnson recentemente, mas o peso-mosca recusou o combate. Aos 31 anos de idade, o americano coleciona na carreira um cartel com 14 vitórias e três derrotas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!