MMA

Cyborg celebra proximidade de fim de contrato com UFC: "Serei livre"

AP Photo/Eraldo Peres
Imagem: AP Photo/Eraldo Peres

Ag. Fight

29/05/2017 09h00

 

Já faz um tempo que a relação entre Cris "Cyborg" e a diretoria do UFC não é das melhores. Após anos de tentativas de mudança de categoria, ausência de adversárias e troca de farpas públicas com Dana White, a brasileira se viu em nova encruzilhada quando Germaine de Randamie, campeã da recém-criada divisão dos pesos-penas (66 kg), se recusou a enfrentá-la. E com mais esse obstáculo, a paciência da curitibana parece estar chegando ao fim.

Garantindo que ainda mira uma luta no UFC 214, evento marcado para o dia 29 de julho, em disputa que poderia ou não ser válida pelo cinturão, Cris revelou durante conversa com a reportagem da Ag. Fight que seu contrato com a Zuffa está acabando, e que a partir daí estaria livre para conversar com outras organizações de MMA.

"Lutando ou não, o meu contrato está acabando. Acredito que já faz seis anos que UFC é anti-Cris Cyborg, ao invés de trabalharmos juntos. O tempo está acabando, em breve serei uma atleta livre no mercado", afirmou sem, no entanto, revelar a data em que seu vínculo se esgotaria – o vínculo da lutadora não é por duelos realizados no octógono, mas sim por tempo decorrido.

Caso lute na data desejada, e para a qual chegou a ser planejado o seu duelo pelo título antes do "refugo" da campeã Germaine, Cris tem poucas opções. Entre elas, as que mais chamam a atenção são Cat Zingano, peso-galo (61 kg) do UFC, e Megan Anderson, campeã dos penas do Invicta FC.

"Esse problema não é meu! Ela é a campeã que o UFC fez para eles! Eu só quero lutar independentemente de cinturão ou não! Todos sabem quem é a campeã do 145 libras (66 kg). Eu disse que o UFC falou que lutarei no UFC 214. Agora estão vendo a adversária. O correto seria lutar com meninas da minha categoria e ranqueadas", disse, ilustrando a preferência por Megan, australiana que herdou o lugar de campeã do evento exclusivamente feito para mulheres após sua saída da organização.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte - Lutas
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo