Topo

MMA

Gadelha diz que foi parada por excesso de velocidade: "cinco em dois meses"

Buda Mendes/Getty Images
Cláudia Gadelha lutará no UFC 212, no Rio de Janeiro Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Ag. Fight

30/05/2017 18h30

Claudia Gadelha parece um livro aberto em suas redes sociais. Sem esconder suas paixões e estilo de vida dos fãs, a peso-palha (52 kg) gosta de exibir suas coleções de relógios, tênis e bonés, além de dividir seus momentos de relaxamento nas trilhas em meio a natureza. Mas é o seu amor por velocidade que quase a colocou em problemas recentemente.

No segundo episódio da série ‘Embedded’, que acompanha as principais estrelas escaladas para o card do UFC Rio 8, evento agendado para o próximo sábado (3), Gadelha revelou que seu hábito de dirigir em alta velocidade nos EUA (onde mora e treina há quase um ano) lhe rendeu cinco abordagens policiais.

“Prefiro dirigir nos EUA. Tem muito trânsito no Brasil e ruas pequenas. Lá tem espaço para correr, e eu gosto de correr. Me pararam cinco vezes em dois meses por velocidade . Me reconheceram. O primeiro que me parou pegou meus documentos e falou: ‘Primeiro, vou te dar uma advertência. Segundo, quando você luta de novo?”, brincou já revelando que recebeu tratamento diferenciado do policial.

Com duelo marcado para o co-main event do UFC Rio, Gadelha encara a polonesa Karolina Kowalkiewicz em disputa que coloca frente a frente as números um e dois do ranking da categoria.