Topo

MMA

GSP ignora Dana White e garante foco em luta com Bisping

Diego Ribas/Ag. Fight
Bisping x GSP Imagem: Diego Ribas/Ag. Fight

Ag. Fight

31/05/2017 09h00

Apesar de o presidente do UFC, Dana White, já ter deixado claro que o duelo entre Georges St-Pierre e Michael Bisping, valendo o título dos pesos-médios (84 kg) está cancelado, o canadense parece ainda ter esperanças de que o combate será realizado. E, na opinião de GSP, tudo depende justamente do executivo do Ultimate.

Em conversa com o programa "MMA Hour", St-Pierre deixou claro que apesar da negativa do presidente do evento, seu foco ainda é enfrentar o campeão dos pesos médios em um duelo que poderia, em seus cálculos, ser realizado e novembro no ginásio Madison Square Garden. Resta convencer o patrão.

"Não, só o que eu ouvi pela mídia. O Dana é uma pessoa muito emocional e eu entendo isso. Você tem que ser emocional nesse negócio. Do jeito que ele é, o Dana é o melhor promoter peso por peso de todos os tempos. Ele consegue te vender qualquer luta. É o melhor. Pode vender qualquer coisa, ele é muito bom nisso. E tenho certeza que, se ele quiser fazer essa luta, ele consegue. Só depende dele", deixou no ar.

Ex-campeão dos meio-médios (77 kg), o canadense garantiu que não teria problemas em encarar Tyron Woodley, dono do cinturão que já foi seu. Mas, alimentando ainda os rumores de que ele evita um duelo contra o americano, seu pedido de enfrentar Bisping, em duelo já cancelado oficialmente, foi reiterado.

"Eu gostaria. Mas, como falei, o meu foco agora é no Bisping. Eu não tenho medo de ninguém. Existem coisas que posso ganhar com certas pessoas e coisas que eu posso perder. A luta para se dar bem nesse esporte não é quem tem mais 'culhão' e sim quem pode te oferecer alguma coisa, o que você pode ganhar e o que você pode perder. Eu tenho muito mais a ganhar encarando o Bisping do que o Woodley. Não digo que não quero enfrentá-lo , mas não nesse momento”, finalizou.