Esporte

Choque de realidade! José Aldo aponta razão para mudança de discurso de adversário

Ag. Fight

01/06/2017 17h22

José Aldo encara Max Holloway no próximo dia 3 de junho – Felipe Castello Branco

Às vésperas do combate que poderá lhe dar a segunda vitória consecutiva desde que recuperou o cinturão dos pesos-penas (66 kg) do UFC, José Aldo demonstra confiança de que o cinturão não mudará de mãos. Como justificativa para seu ponto de vista, o brasileiro tratou de analisar a recente mudança de discurso por parte de Max Holloway, atleta que, após provocar o campeão assim que o combate foi anunciado, passou a adotar fala mais respeitosa ao chegar na cidade do Rio de Janeiro, palco do evento. E essa alteração, na opinião do ‘Campeão do Povo’, mostra o choque de realidade que o havaiano tem que enfrentar.

Em conversa com reportagem da Ag. Fight no Windsor Barra Hotel, local onde aconteceu o 'media day' do UFC Rio nesta quinta-feira (1º), José Aldo afirmou que, conforme o dia da luta se aproxima, o havaiano vai caindo na real e percebendo que logo terá que arcar com o que havia prometido. De quebra, o campeão peso-pena ainda aproveitou para dissecar as virtudes de seu oponente, dando a entender que nada o surpreenderá.

“Não sei , acho que vai chegando mais perto e ele vai vendo a realidade mesmo. Esse negócio de falar fica para trás, e sabe que agora é a realidade, que a gente vai se enfrentar.  Altura e envergadura não fazem diferença nenhuma, é o casamento de luta. A maior característica que ele faz é inverter as bases. Ele se jogou dentro com caras menores e deixou nego encurralar ele. Ele procura usar a troca de base”, analisou.

Até perder sua invencibilidade no Ultimate para Conor McGregor em dezembro de 2015, Aldo ostentava a incrível marca de dez anos sem derrotas no MMA. Mas apesar do nocaute marcante sofrido contra o irlandês em apenas 13 segundos, o brasileiro se garante disposto para recuperar o status de melhor atleta peso-por-peso do UFC. O que, aliado à necessidade se reinventar, fez com que ele garantisse estar preparado em todos os aspectos do esporte - entre eles o jiu-jitsu.

“Sou campeão há muito tempo, então você vira um alvo. Todo mundo já me conhecia, sabia do meu estilo e das minhas armas. Por isso tenho me preparado cada vez mais para ir e nocautear as pessoas. Acho que essa luta será bem agressiva se ele não mudar o estilo dele.  Lógico , tenho treinado bastante isso e, se tiver a oportunidade de ir para o chão, é certo que vou para dentro”, afirmou.

Caso a vitória sobre Max Holloway se confirme, Aldo passará por uma situação curiosa em sua divisão de peso no Ultimate: ele já enfrentou os principais nomes da categoria. Por isso, o Campeão do Povo não escondeu o interesse em mudar de classe de peso ou fazer super lutas. Contudo, ele garantiu que seu foco está todo no adversário do próximo sábado.

“Em cima do octógono estarei tão serelepe e pulando que não sei nem qual vai ser. Logo depois, sim. Fazer uma super luta é o que eu tenho um desejo maior hoje. Sempre quis fazer isso, quero me testar com adversários de categorias diferentes, me testar e talvez subir para os leves também. Vamos dar um passo de cada vez, e o próximo é lutar com o Max, vencê-lo e depois sentar com o Dedé e ver o melhor caminho”, completou.

Confira abaixo o vídeo com as encaradas do UFC 212 (ou clique aqui):

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo