MMA

Cara de Sapato se empolga com atuação: "Posso vencer qualquer um"

Marcelo de Jesus/UOL
Antônio Cara de Sapato finalizou Eric Spicely no card preliminar do UFC 212 Imagem: Marcelo de Jesus/UOL

Ag. Fight

08/06/2017 16h47

 

Quando Antônio Carlos Jr., atleta mais conhecido como ‘Cara de Sapato’, conquistou o título peso-pesado do TUF Brasil 3 (reality show do Ultimate) em 2014, muitas expectativas por parte dos fãs pairaram sobre ele. Ainda que não tenha conseguido o que se esperava dele em um primeiro momento – já que acumulou duas derrotas, uma luta sem resultado e apenas um resultado positivo nos combates posteriores ao título -, o lutador parece finalmente ter encontrado sua boa forma, como se pode observar em sua finalização sobre Eric Spicely no UFC 212. E, animado com a vitória, o brasileiro deixou a modéstia de lado e garantiu que pode bater qualquer um de sua divisão.

Em conversa com jornalistas após a vitória sobre o americano no evento realizado no Rio de Janeiro, no último sábado (3), Cara de Sapato fez questão de enaltecer a boa fase que o permitiu conquistar sua terceira vitória consecutiva na organização. De acordo com o peso-médio (84 kg), os resultados positivos são frutos de sua constante evolução no esporte e evidenciam o seu potencial. O que, na sua opinião, já convenceu o UFC de que ele merece não apenas permanecer mais tempo na companhia, como também enfrentar adversários ainda mais bem ranqueados.

“Eu já tinha certeza . Só que eu precisava mostrar isso aí para a galera acreditar também. É minha terceira vitória seguida, segunda finalização e já amadureci o que tinha que amadurecer. Como falei, sou cria do UFC. Antes do TUF tinha apenas três lutas e consegui vencer um super desafio que foi o TUF, ainda por cima como peso-pesado. Hoje sou amadurecido no MMA e no UFC, e foi difícil amadurecer aqui por que os melhores estão aqui. Tive algumas derrotas, mas tenho certeza que estou pronto para vencer qualquer um da categoria. Na minha melhor noite posso vencer qualquer um”, declarou.

A evolução de Antônio Carlos Jr. pode ser percebida quando se analisam os seus resultados mais recentes no Ultimate. Aos 27 anos, ele venceu dois de seus últimos três adversários por finalização, o que deixa claro o seu bom momento dentro do octógono. E como justificativa para o seu sucesso, o lutador não guardou todos os méritos para si e tratou de enaltecer a American Top Team, equipe norte-americana em que treina atualmente.

“Tenho muito o que agradecer a toda a galera da Nova União e ao Dedé porque eles me ajudaram bastante e tenho muitos amigos lá. E o pessoal lá também com o Dória, foi muito importante. Mas foi na ATT que realmente me encontrei, porque tem o Jim Thomas, que tem me ajudado bastante. Não só ele como toda a galera da ATT, muitos lutadores do UFC e de outros eventos. Eles me passaram muita experiência no treino de luta. Lá consegui adaptar bem o meu jogo, o wrestling, a trocação e o meu jiu-jitsu, a minha especialidade. É uma superequipe que tem me dado todo o suporte que preciso para alcançar essa vitória”, relatou.

Confirmando o discurso de que poderia bater em qualquer um de sua categoria, Cara de Sapato ressaltou o fato de que se considera um dos melhores de sua divisão. Como justificativa, o campeão do TUF Brasil 3 garantiu que, ao contrário do início de carreira - quando possuía sua única virtude no jogo de chão -, hoje ele está amadurecido em todos os aspectos do esporte, desde a trocação até wrestling.

“Acho que sou um cara top da categoria também. Mostrei no TUF com dois nocautes sobre dois caras duros. Passei a minha vida inteira treinando mais com trocadores. Se você for ver a minha luta com o Vitor Miranda, que é um trocador nato, eu me dei muito bem e dominei os três rounds e me sai vitorioso. Agora estou mais amadurecido, tem grandes trocadores na equipe e acho que já me testei bastante”, completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte vê TV
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo