Esporte

Treinador garante que Jon Jones usará novo método de cotoveladas contra Cormier

Ag. Fight

13/06/2017 15h50

Jon Jones é ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC – Diego Ribas

Afastado dos octógonos há 14 meses, Jon Jones finalmente fará a tão aguardada revanche contra Daniel Cormier, adversário que derrotou em janeiro de 2015 e que atualmente ostenta o posto de campeão meio-pesado (93 kg) do Ultimate. O duelo será a luta principal do UFC 214, evento agendado para o próxima dia 29 de julho, e o longo período sem competir no MMA pode ser analisado como uma desvantagem em seu retorno. Contudo, seu treinador garantiu que ele estará preparado e revelou inclusive que ‘Bones’ planeja surpreender DC com novos golpes.

Jon Jones é conhecido por seu estilo de luta pouco ortodoxo e por mesclar bem suas habilidades na trocação com seu wrestling de primeiro nível, características que lhe conferem o posto de um dos atletas mais habilidosos da história do MMA. E, baseado no discurso de seu treinador, nem mesmo o período do ex-campeão longe dos octógonos - decorrente de sua suspensão de um ano por ter sido flagrado no exame antidoping - foi suficiente para desprepará-lo. Isso porque, de acordo com Mike Winkeljohn, Bones retornará a todo vapor e de quebra mostrará um jeito novo de usar seus cotovelos - golpe que é uma de suas marcas registradas.

“Está tudo bem. Jones  está vindo com um sorriso no rosto. Te direi uma coisa, Jones está vindo e encontrando novas formas de acertar as pessoas com os cotovelos. Ele os traz muito perto do rosto das pessoas e depois para com um sorriso, e aí continua com o processo. Então, ele tem algumas coisas ainda mais malvadas para o Daniel nessa luta”, relatou o treinador em entrevista ao programa ‘The MMA Hour’.

Mike Winkeljohn não se limitou apenas a discorrer sobre a volta de seu pupilo e a revelar que ele agregou novos golpes ao seu repertório. O treinador também aproveitou para garantir que Jones não precisaria de uma luta teste em seu retorno antes de disputar o cinturão, e para explicar seu ponto de vista ele ainda ponderou sobre o fato de que seu aluno desbancou o atual campeão com sobras em seu primeiro encontro.

“Amo o Jones lutando pelo cinturão. Não acho que ele precise de uma luta como aquecimento antes de enfrentar o Daniel Cormier. Acho que, assim como respeito o Daniel, essa luta é boa para o Jones porque no primeiro duelo o Daniel não conseguiu derrubá-lo. Jon conseguia derrubá-lo. Jon conseguia bater nele em todos os lugares, e acho que isso pesa a nosso favor nessa luta”, completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo