Topo

MMA

Ferguson manda recado para Dana White: "Você precisa me tratar bem"

AP Photo/John Locher
Ferguson é o segundo colocado na divisão dos leves Imagem: AP Photo/John Locher

Ag. Fight

20/06/2017 18h12

 

Não é de hoje que Tony Ferguson demonstra insatisfação com a situação que vive no Ultimate. Embalado pela sequência de nove vitórias na divisão dos leves (70 kg), o atleta viu sua chance de disputar o cinturão se afastar com o problema médico que retirou Khabib Nurmagomedov do duelo um dia antes, assim como a confirmação de que Conor McGregor, campeão da categoria, enfrentará Floyd Mayweather em uma luta de boxe. E não bastasse a indignação por estar momentaneamente estagnado, o americano de ascendência latina também aproveitou para mandar um recado pouco amigável para o presidente do UFC.

Em entrevista ao podcast ‘Anik and Florian’, ‘El Cucuy’ não perdeu tempo e demonstrou que não gostou da forma como seu nome foi tratado por Dana White, o presidente da organização, em uma entrevista a Snoop Dogg, famoso rapper norte-americano. De quebra, antes de garantir que seguirá se esforçando e dando seu máximo no UFC, Ferguson disparou contra a postura do cartola e lhe enviou um ultimato: a de que é melhor o cartola tratá-lo melhor.

“Quando Dana vai ao Snoop Dogg e diz: ‘Tony é um grande, alguma coisa, e, o Conor não foi pago para fazer isso’. Sim, eu entendo isso. Eles vão entender que eu sou uma pessoa de m… e isso é impressionante. Mas ainda sou um homem da companhia, Dana. Eu amo vocês. Continuarei dando duro, fazendo o que faço, mantendo minha boca fechada e trabalhando para frente. Mas você precisa me tratar bem. Irmão, é sério”, afirmou.

Além de garantir sua insatisfação com a postura do manda-chuva, Ferguson fez questão novamente de expressar o desejo de que o UFC disponibilize o cinturão interino entre os leves. E para embasar seu ponto de vista, o americano relembrou que enquanto ele precisa se manter ativo para sustentar a si e a sua família, Conor McGregor foi incentivado pelo próprio Dana White a abandonar temporariamente o Ultimate e se aventurar no boxe.

“Estou preso no meio desta indústria e isso é uma m… Estou sendo avisado pelas mesmas pessoas que estão dizendo a esse cara para pegar essa grande money fight. Não me importo, mas estou ocupado e eu tenho um filho, então não desperdice meu tempo. Tenho um grande nome e eu realmente estou tentando chegar lá. Vou me manter ocupado, me arrumem uma luta pelo cinturão e vamos receber o pagamento”, completou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!