Topo

MMA

Tony Ferguson parabeniza McGregor x Mayweather, mas cobra título interino

Alex Trautwig/Getty Images
Imagem: Alex Trautwig/Getty Images

Ag. Fight

20/06/2017 08h00

 

Dono de uma sequência de nove vitórias consecutivas na categoria peso-leve (70 kg) do Ultimate, Tony Ferguson viu a chance de conquistar o título da divisão escapar de suas mãos quando Khabib Nurmagomedov se lesionou na véspera do combate que travariam no UFC 209, em março. Já na última semana, o americano de ascendência latina percebeu que o desejo de se tornar campeão ficou ainda mais distante com a confirmação de que Conor McGregor enfrentará Floyd Mayweather em uma luta de boxe. Com isso em mente, "El Cucuy" se adiantou em cobrar que a maior organização de MMA do mundo disponibilize um título interino.

Em entrevista ao site "MMA Junkie", Ferguson se garantiu como o real merecedor do cinturão da categoria dos leves e ainda fez questão de explicar seu ponto de vista. Para justificar o discurso, o americano ressaltou que, enquanto ele acumula nove vitórias em sequência, McGregor fez apenas uma luta na categoria, vem de apenas duas vitórias consecutivas no UFC e abandonou temporariamente o cinturão para se aventurar em outro esporte.

"Eu tenho que dar os parabéns , vai ser dinheiro para  c****** para os dois. Mas não esqueça do UFC, porque você está segurando o meu cinturão. Estou aqui, vamos fazer uma luta pelo cinturão interino enquanto Conor está fazendo essa outra coisa. Vamos andar com isso. O título interino está vago. Essa p***   precisa ficar nas minhas mãos. Tenho nove vitórias consecutivas, e dez soa melhor, então vamos andar com isso", analisou.

Recordista de vitórias consecutivas na categoria dos leves na atualidade, o americano também aproveitou para analisar o casamento da luta entre o irlandês e o pugilista multicampeão mundial. De acordo com Ferguson, o nível do boxe de Mayweather é claramente superior, mas não dá para descartar as chances de McGregor no combate, já que trata-se de um dos melhores artistas marciais do momento.

"O boxe de Conor não está no mesmo nível que o do Mayweather. Tenho que dar a ele o benefício da dúvida: continue com vontade, insista nisso, e tente nocauteá-lo. Para Mayweather, a mesma coisa. Conor vai tentar nocauteá-lo, cara, então os dois precisam estar preparados. É melhor treinar muito. Queremos ver uma boa luta. Se vou gastar meu dinheiro nisso, quero ver uma ótima luta", completou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!