MMA

Michael Chiesa quer apelar à Comissão para anular derrota polêmica no UFC

Brandon Magnus/Zuffa LLC via Getty Images
Imagem: Brandon Magnus/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

28/06/2017 06h00

Indignado com a atitude do árbitro brasileiro Mario Yamasaki em interromper a luta principal do UFC Oklahoma e declará-lo perdedor via finalização técnica, Michael Chiesa deve levar o tema a outras esferas para mudar o resultado final. Durante entrevista ao canal "FOX Sports 1", o norte-americano garantiu que irá entrar com um pedido junto à Comissão Atlética local em uma tentativa de invalidar a vitória do seu oponente.

O lance responsável por tanta polêmica aconteceu quando Kevin Lee, o adversário de Chiesa, aplicou um mata-leão apertado e, antes mesmo de "Maverick" bater três vezes em desistência, o árbitro optou por interromper o duelo – já que, ao que tudo indica, Yamasaki interpretou que o lutador havia apagado. Contudo, o peso-leve (70 kg) ressaltou que estava completamente lúcido, e de quebra relembrou que já havia passado por situações semelhantes no UFC.

"Cara, eu lutei com os melhores faixas-pretas da minha divisão. Jim Miller, Joe Lauzon e Beneil Dariush. Todos esses caras ficaram nas minhas costas no primeiro round. Sempre saio e sempre ganho. Você me roubou. Então acho que é mais do que certo eu e minha equipe voltarmos e irmos à comissão", analisou.

"Faremos o que pudermos para que isso seja derrubado e vou procurar uma revanche. Eu vou lutar em Detroit, vou lutar em dezembro. Eu vou lutar com ele agora. Nós estamos correndo de volta, não tem como não estarmos. Não terei essa oportunidade roubada de mim assim", concluiu.

Com o resultado polêmico, Chiesa viu sua sequência de três vitórias consecutivas no Ultimate chegar ao fim. E não foi apenas o peso-leve que externou sua insatisfação com o árbitro brasileiro. Assim como ele, Dana White, presidente do UFC, falou poucas e boas da atuação de Yamasaki.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
EFE
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo