Esporte

Através de comunicado oficial, UFC exige fim de punição de Cortney Casey; entenda

Ag. Fight

30/06/2017 17h45

Cortney Casey foi punida por um suposto doping – Marcel Alcântara

Em maio passado, o Departamento de Licença e Regulamentação do Texas puniu a peso-palha (52 kg) Cortney Casey por três meses em função de um suposto flagrante em um exame antidoping. Contudo, após uma comprovação de que a atleta não violou qualquer regra, o Ultimate exigiu que o órgão revogasse a sanção imposta à lutadora. Uma semana se passou e nada foi feito – o que levou o UFC a emitir uma declaração oficial criticando a conduta do departamento.

Através do comunicado, o Ultimate ressaltou o seu comprometimento com a política antidoping estabelecida e voltou a exigir a liberação de Cortney: “O UFC deixou muito claro que leva o doping muito a sério ao instituir o programa antidoping mais compreensivo nos esportes. Uma das chaves desse programa, e de qualquer programa mundial efetivo, é assegurar que todos os atletas sejam tratados propriamente durante o processo”.

Na última quinta-feira (29), o presidente do UFC também criticou a entidade através de sua conta no Twitter e sugeriu que o órgão deveria “segurar a onda para a proteção dos atletas”. A punição imposta a Cortney também reverteu a sua vitória em cima de Jessica Aguilar para uma luta sem resultado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo