Esporte

Overeem rasga elogios a Werdum e garante: "Sempre soube que lutaríamos de novo"

Ag. Fight

04/07/2017 07h00

Alistair Overeem enfrentará Fabrício Werdum no UFC 213 – Rigel Salazar

Alistair Overeem e Fabirício Werdum subirão ao octógono no UFC 213, evento que será realizado em Las Vegas (EUA) no próximo sábado (8), em uma das trilogias mais aguardadas do MMA entre os atletas pesos-pesados. Os dois se enfrentaram nos anos de 2006 e 2011, a primeira com uma finalização do brasileiro no Pride e a segunda com um triunfo por pontos a favor do holandês no Strikeforce, e desde então alimentam grande rivalidade. Mas ao contrário do que se poderia imaginar às vésperas do tira-teima, o ex-lutador do K-1 foi só elogios ao ‘Vai Cavalo’, e de quebra ainda garantiu que sempre esperou por esse reencontro.

Em entrevista ao programa ‘The MMA Hour’ nesta segunda-feira, o gigante holandês fez uma análise das habilidades de seu próximo oponente no MMA. De acordo com Overeem, o brasileiro evoluiu de um atleta que possuía valências apenas no jiu-jitsu para um competidor completo que detém diversas vitórias por nocaute - entre elas a contra Mark Hunt, ex-campeão do k-1, que lhe valeu o título interino do UFC. Por isso, ainda que acredite em uma vitória a seu favor, ‘The Reem’ pregou respeito ao rival.

“Amo a oportunidade de enfrentar o Werdum novamente, ele foi meu rival ao longo dos anos. A carreira dele é interessante, ele sempre volta mais forte, já fez isso algumas vezes e o respeito por isso. Meio que sempre soube que haveria uma terceira luta depois que lutamos a segunda. Sempre mantive os olhos nele, ele volta mais forte toda vez e teve boas performances. Ele se tornou campeão do UFC e isso foi empolgante”, analisou.

“Quando lembro do Fabricio do Pride, em 2004 ou 2005, ele não era um dos caras mais talentosos, ele era bem estranho. A trocação dele era estranha, claro que ele era um campeão de jiu-jitsu, mas ele mostrou que,com trabalho duro, perseverança e se mantendo ativo, eventualmente se chega lá. Para mim. Ele é um rival, mas atualmente tenho muito respeito por esse cara”, concluiu.

Além exaltar as virtudes de Werdum e sinalizar sua evolução no MMA, Overeem dá índícios de que vem se preparando na maior especialidade de seu oponente: o jiu-jitsu. O atleta conquistou a faixa-azul ainda no começo deste ano, e garantiu que este será apenas o início de sua evolução na arte-suave.

“Acabei de pegar a faixa-azul. Jiu-jitsu é sobre ser humilde e é o tipo de coisa que gosto de fazer. Treino na Gracie e na Valente Brothers, ambas são academias fantásticas, e evoluiu muito com esse pessoal de lá. É sobre ser humilde e sobre progredir, essa é a coisa. Gosto de merecer as coisas e batalhar duro por elas ”, completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo