Esporte

'Caçador de Gracies' lidera lista de novos membros do Hall da Fama do UFC

Ag. Fight

07/07/2017 06h00

Kazushi Sakuraba recebeu a homenagem durante cerimônia oficial em Las Vegas – Diego Ribas

Maior nome da história do MMA japonês, Kazushi Sakuraba faz parte oficialmente do Hall da Fama do UFC a partir desta quinta-feira (6). Apesar de ter lutado apenas duas vezes no torneio, o veterano de 47 anos garantiu seu nome no seleto grupo de atletas pelo conjunto da obra, em cerimônia realizada na cidade de Las Vegas (EUA). E que bela obra, diga-se de passagem.

Conhecido nos anos 2000 como o ‘Caçador de Gracies’, alcunha conquistada após vitórias sobre quatro representantes da família – Royler, Royce, Renzo e Ryan -, Sakuraba foi uma das grandes estrelas do Pride, torneio de MMA que marcou a história do esporte na década passada. Tal currículo bastou para que sua indicação fosse aprovada pela curadoria da premiação na categoria ‘Pioneiros’. E ele próprio garantiu carinho especial pela vitória sobre Royce, duelo que durou 90 minutos.

“Pela visão de um fã moderno de MMA, foi uma luta inacreditável. Eram 15 minutos por round e sem limite de rounds. A única maneira de vencer seria por desistência. Lutamos por 90 minutos até que finalmente uma toalha voou do córner do Gracie. Era o fim da luta, e eu era o vencedor”, narrou, para delírio da torcida.

Na mesma noite, o americano Maurice Smith também foi introduzido na divisão destinada aos veteranos que ajudaram a construir o esporte. Segundo campeão peso-pesado da história do UFC, o veterano foi o responsável por tirar a invencibilidade de Mark Coleman em noite em que mostrou ao mundo um estilo eficiente para frear os temidos wrestlers, que dominavam o cenário do então vale-tudo com uma tática conhecida como ground and pound (algo como ‘derrubar e bater’ em tradução livre).

No entanto, durante a apresentação do atleta aos fãs que compareceram ao teatro Park Theater em Las Vegas (EUA), Maurice foi apontado como o grande responsável por introduzir no MMA a mistura de artes marciais. Esse ponto, vale lembrar, segue como um eterno impasse aos torcedores que acompanharam a carreira de Marco Ruas, brasileiro que antes mesmo do UFC ser criado já era capaz de mesclar técnicas da luta em pé com habilidade no solo.

Ex-funcionários em alta

Joe Silva, matchmaker responsável por comandar o casamento de lutas do UFC por mais de 20 anos, foi desligado da organização recentemente. No entanto, ele foi introduzido ao Hall da Fama do evento na categoria ‘Colaboradores’, que consiste em nomes de ‘não lutadores’ que contribuíram para o crescimento do esporte.

Após tantos anos de dedicação, o agora aposentado matchmaker contou com uma dedicatória especial de Dana White ,presidente do show, que fez questão de enaltecer o trabalho desenvolvido pelo veterano ao longo do período de desenvolvimento do esporte e da empresa.

“Quando os Fertitta compraram a companhia, Tito Ortiz me disse que Joe Silva deveria ser o matchmaker. Conversamos e muitos detalhes da nossa filosofia sobre luta bateram. Não tem luta fácil no UFC, a filosofia sempre foi esta. Você não pode escolher lutas Senhores e senhoras, Joe Silva é o maior matchmaker da historia dos esportes de combate”, sentenciou o cartola.

Por fim, o último nome apresentado ao público foi o de Urijah Faber. Aposentado desde dezembro de 2016, ‘California Kid’ foi introduzido na divisão da ‘Era Moderna’. Categoria mais recente do Hall da Fama, ela contava apenas com dois nomes até então: Forrest Griffin e BJ Penn.

Responsável pela popularização das categorias mais leves do MMA, que anos mais tarde garantiram três divisões de peso no UFC, o americano fez por merecer seu espaço. Ex-campeão do WEC, Faber migrou para o maior evento de MMA o mundo e, após anos disputando o topo de sua categoria, conseguiu fazer dois de seus parceiros de treino campeões: TJ Dillashaw e Cody Garbrandt.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo