MMA

McGregor quebra microfone, e Mayweather provoca com bandeira da Irlanda

Christopher Katsarov/The Canadian Press/AP
Mayweather utilizou bandeira da Irlanda para provocar McGregor Imagem: Christopher Katsarov/The Canadian Press/AP

Ag. Fight

12/07/2017 20h44

Realizada nesta nesta quarta-feira (12), em Toronto (Canadá), a segunda coletiva da turnê internacional de promoção da luta contou com um Conor McGregor inspirado. Ao contrário da última terça, quando o atleta irlandês pareceu sem saber como funcionava a rotina das coletivas de boxe, o campeão do UFC deu seu habitual show de provocações que levantaram o público.

Depois de uma breve aparição do rapper canadense Drake, os lutadores foram anunciados como de costume. Vestindo um terno azul-marinho bem alinhado, Conor entrou no ginásio Budweiser Stage, que comporta cerca de 16 mil pessoas - capacidade quatro vezes maior que o local previamente marcado, ao som de música tradicional irlandesa.

Por sua vez, vestindo trajes da sua própria empresa ‘The Money Team’ ao som de música rap americana, Floyd entrou dançando até que, lentamente, se aproximou do rival. Frente a frente, a breve encarada inicial durou três com os dois atletas trocando ofensas por vezes aos berros. Era o começo que Conor precisava para, apoiado por uma legião de irlandeses na plateia, tomar conta do show.

“F… os Mayweathers. F… Showtime também. Vocês me deixaram sem microfone, quero ver agora”, gritou antes de atirar o microfone central no chão, para delírio da torcida. “Quando Floyd tinha 28 anos ele era undercard do de La Hoya e isso é um fato. Ele é velho, idiota e fraco. Dance para mim, garoto. Cante e dance para mim”, provocou o irlandês diante de calado Mayweather.

Ao ser convocado para o seu próprio discurso, o pugilista americano foi constantemente vaiado pela maioria da torcida. Mas isso não o impediu de provocar, voltar a esnobar o fato de ser o atleta mais bem pago da história e por ostentar um cartel invicto após 49 apresentações nos ringues.

“Você fala em ser durão, mas você desiste. O que é isso? . Dana White, admiro o que você fez pela sua empresa. Qualquer coisa que eu tenha dito no passado, peço desculpas agora. Dana White, você e eu fazemos dinheiro, você sabe. Conor, eu tenho 21 anos de invencibilidade. Você não sabe o que é isso”, narrou antes de protagonizar o momento mais tenso da coletiva.

Ao envolver uma bandeira irlandesa e seu corpo, Mayweather deixou a torcida em fúria e o rival apreensivo. “Se você fizer algo com essa bandeira eu juro que acabo com você aqui mesmo”, prometeu, enquanto o americano ria momentos antes de desistir da ideia de brigar com uma nação inteira.

Era o momento exato para a coletiva se encaminhar para o fim com a certeza de que muito ainda está por vir. Finalmente os dois atletas encontraram alguém capaz de duelar a este nível em uma guerra de nervos. Quem ganha são os fãs.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Ag. Fight
Redação
Topo