Topo

Esporte

Dana White minimiza provocações trocadas entre May-Mac: "Faz parte da luta"

Ag. Fight

16/07/2017 08h33

Dana White é o presidente do UFC e participou do tour – Diego Ribas

Após quatro coletivas de imprensa realizadas em quatro cidades diferentes durante a pequena turnê de mídia feita para promover a superluta de boxe entre Floyd Mayweather Jr. e Conor McGregor, muitos fãs ficaram com a impressão de que os astros exageraram em suas provocações. Microfone quebrado, racismo, ataques homofóbicos e até um ‘tapa’ na cabeça fizeram parte dos ataques. No entanto, para o presidente do UFC, Dana White, nenhum dos episódios fugiu da normalidade.

Durante uma entrevista no programa ‘Showtime Sports’, Dana apontou que as provocações verbais estão inseridas em todos o contexto do duelo e que esse tipo de comportamento se torna normal entre os lutadores.

“Acho que os dois tiveram os seus momentos. É engraçado ouvir as pessoas dizendo que eles levaram isso muito longe. Em um mês e meio esses caras estarão tentando nocautear um ao outro. A batalha verbal também faz parte da luta. Isso aqui é uma luta, não um jogo de croqué. Faz parte do negócio”, declarou.

Mayweather e McGregor se enfrentarão no próximo dia 26 de agosto, em Las Vegas (EUA). O duelo marcará a luta de número 50 da carreira de ‘Money’ e a primeira apresentação do ‘The Notorious’ no boxe profissional.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte