MMA

Pantoja aposenta irlandês com finalização e salva Brasil no UFC Glasgow

Ag. Fight

16/07/2017 15h28

O Brasil tem uma boa e uma má notícia após a realização do card preliminar do UFC Glasgow, ocorrido neste domingo (16), na cidade escocesa. Alexandre Pantoja deixou o octógono com o braço erguido e mais uma vitória para o seu cartel, enquanto que Amanda Lemos não teve a mesma sorte e perdeu em sua estreia no maior evento de MMA do mundo.

Em duelo válido pela divisão dos moscas (57 kg), Pantoja encarou o irlandês Neil Seery e venceu por finalização no terceiro round. “Esse cara é uma lenda. É uma honra pegar esse cara que é um lutador de verdade”, disse o brasileiro ainda dentro do octógono, agradecendo o oponente que anunciou aposentadoria após o combate.

Fazendo apenas a sua segunda luta pelo UFC, o atleta de Arraial do Cabo começou bem o combate e encaixou os melhores golpes no primeiro assalto, inclusive conseguindo uma queda que praticamente garantiu a parcial para ele.

No assalto seguinte, Pantoja começou muito bem na prática do clinche do muay thai, no entanto, o brasileiro aceitou a trocação franca da metade para o fim da parcial e deu chances ao irlandês. Mas no último round o atleta de 27 anos foi muito inteligente ao conseguir uma queda logo nos segundos iniciais, trabalhar o jiu-jitsu, pegar as costas do rival e finalizar no mata-leão.

Segundo triunfo de Alexandre Pantoja pelo Ultimate e 18ª vitória de sua carreira, que também conta com duas derrotas. Por outro lado, Neil Seery anunciou que irá se aposentar do MMA. O irlandês tem 37 anos e um cartel de 16 vitórias e 12 derrotas.

Estreia amarga

Amanda Lemos não estreou com o pé direito no maior torneio de MMA do mundo. Ex-campeã do Jungle Fight, a brasileira foi batida pela experiente Leslie Smith no duelo que abriu o card do UFC Glasgow, perdendo assim a sua invencibilidade na carreira.

Melhor na trocação e com uma postura ousada com a guarda baixa em diversos momentos, Amanda começou melhor o confronto e até levou certa vantagem no primeiro round. No entanto, o gás da paraense parece ter acabado por completo na segunda parcial e ela voltou extremamente cansada. Aproveitando a falta de preparo da rival, Leslie Smith apertou o ritmo e obrigou o árbitro central a parar o duelo e declarar a americana campeã por nocaute técnico.

Foi a primeira derrota de Amanda Lemos na carreira. A peso-galo (61 kg) braileira acumulava seis vitórias e um empate até a sua estreia no Ultimate.

Card Preliminar

Alexandre Pantoja venceu Neil Seery por finalização (mata-leão) no terceiro round;
Galore Bofando venceu Charlie Ward por nocaute no primeiro round;
Danny Henry venceu Daniel Teymur por decisão unânime dos juízes laterais;
Brett Johns venceu Albert Morales por decisão unânime dos juízes laterais;
Leslie Smith venceu Amanda Lemos por nocaute técnico no segundo round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte vê TV
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo