Esporte

Lutadora do UFC lança financiamento coletivo para custear treinamento

Ag. Fight

17/07/2017 12h33

A canadense Sarah Moras não luta MMA desde 2015 – Reprodução/ Youtube

Escalada para enfrentar Ashlee Evans Smith no próximo dia 9 de setembro, no UFC 215, no Canadá, a peso-galo (61 kg) Sarah Moras inovou e, diante das dificuldades enfrentadas por uma lutadora profissional, lançou mão de uma campanha na internet para custear seus treinamentos.

A ideia já é difundida na web. O financiamento coletivo consiste em dividir os custos de algo (nesse caso o do próprio camp da lutadora) e presentear os investidores com uma espécie de recompensa caso a meta seja atendida. Aos 29 anos, acumula cartel com quatro vitórias e duas derrotas.

Ex-participante do TUF, quando chegou à semifinal, a canadense não compete desde 2015 e, em sua página de financiamento coletivo, pediu uma meta de 10 mil dólares (cerca de R$ 33 mil). A quantia serviria para, de acordo com a atleta, evitar que ela garanta dedicação integral ao camp e faça parte dele em Las Vegas (EUA), utilizando as novas estruturas disponibilizadas na nova sede UFC. Caso você queria ajudá-la, aqui está o link.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo