Topo

MMA

Weidman faz a pazes com a vitória, finaliza Gastelum e provoca Bisping

 Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty
Weidman finalizou Gastelum no UFC Long Island Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty

Ag. Fight

22/07/2017 23h32

O card principal do UFC Long Island, em Nova York (EUA), reuniu diversas boas lutas que garantiram a atenção dos fãs durante o show. No entanto, a grande expectativa era mesmo pela disputa principal da noite que colocaria frente a frente Chris Weidman e Kelvin Gastelum pela divisão dos pesos-médios (84 kg), em um clara chance (talvez última) de auto confirmação para o ex-campeão.

Embalado por uma série de três derrotas no octógono, Weidman precisava vencer mais do que nunca. E, apesar de todas as vantagens numéricas, a luta contou com certa dose de drama antes que se braço pudesse ser erguido diante da torcida em sua cidade natal.

Melhor no início, o ex-campeão apostou em seus precisos single legs para derrubar e em seu jiu-jitsu afiado para garantir domínio territorial no solo. No entanto, o menor e mais leve rival sobrou em técnica para se defender e sempre que possível voltar em pé. Dinâmica esta que se repetiu por três assaltos.

Em pé, as ações ficavam equilibradas e o forte punch de esquerda de Kelvin incomodavam, tanto que logo no assalto inicial um knock down nos segundos finais quase abrevia a disputa. Mas a persistência do ex-campeão se fez presente e mesmo após demonstrar cansaço Weidman derrubou, pegou as costas e pulou para o katagatame, em movimento clássico de jiu-jitsu que levantou a galera no terceiro assalto.

“Não deixem de acreditar em vocês mesmos. Deixem as opiniões dos outros de lado. Eu estou de volta, podem acreditar”, gritou o eufórico americano antes de desafiar Michael Bisping. “Esse inglês maluco que está com o cinturão… Pare de se esconder, eu sou o campeão”.

Acompanhe os resultados do UFC Long Island:

Chris Weidman finalizou Kelvin Gastelum no 3º round;
Darren Elkins venceu Dennis Bermudez por decisão dividida;
Patrick Cummins venceu Gian Villante por decisão dividida;
Jimmie Rivera venceu Thomas Almeida por decisão unânime;
Elizeu ‘Capoeira‘ venceu Lyman Good por decisão dividida;
Eryk Anders nocauteou Rafael ‘Sapo’ no 1º round;
Alex ‘Cowboy’ Oliveira nocauteou Ryan LaFlare no 2º round;
Chase Sherman venceu Damian Grabowski por decisão unânime;
Jeremy Kennedy venceu Kyle Bochniak por decisão unânime;
Marlon Vera finalizou Brian Kelleher no 1º round;
Júnior ‘Baby’ Albini nocauteou Timothy Johnson no 1º round;
Shane Burgos venceu Godofredo ‘Pepey’ por decisão unânime;
Chris Wade venceu Frankie Perez por decisão unânime;

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!