Topo

Esporte

Vitor Belfort rompe silêncio, acusa rival de negar luta e desafia último algoz

Ag. Fight

23/07/2017 06h00

Vitor Belfort derrotou Nate Marquardt no UFC 212 – Marcelo de Jesus

Nos últimos dias, Vitor Belfort viu seu nome voltar ao noticiário após Paulo ‘Borracinha’ revelar que o UFC lhe havia oferecido um duelo contra o ‘Fenômeno’. A estratégia de tornar isso público e assim pressionar o veterano não deu certo, tanto que ele utilizou suas contas em redes sociais para aparar as arestas com o “iniciante”, acusar um americano de recusar lutas e ainda desafiar Kelvin Gastelum para uma revanche.

Em postagem direta, Belfort revelou que Derek Brunson recusou enfrentá-lo no dia 9 de setembro no UFC 215, no Canadá. A negativa, por sinal, teria sido a segunda vez que o americano não se habilitou para enfrentá-lo, o que incomodou o carioca, embora o rival tenha garantido no mesmo post que aceitou a disputa, mas para outro evento, uma semana depois, já que a data anterior iria coincidir com algum compromisso familiar.

Além disso, Vitor aproveitou para pedir para refazer a disputa contra Gastelum. Em março, o carioca foi nocauteado pelo rival ainda no primeiro assalto, no UFC Rio, resultado que se tornou ‘No Contest’ (sem vencedor) após o vencedor ser flagrado em uma exame antidoping pelo uso de maconha.

“Eu deveria ter lutado com o Derek Brunson no ano passado, e depois estava marcado para lutar com ele em nove de setembro no Canadá. Semanas depois, o UFC me diz que ele não está “disponível” outra vez. Não sei muito bem o que isso quer dizer… Depois disso me ofereceram um iniciante para lutar no Canadá… Não sei o que está acontecendo com o Derek Brunson, masse ele não pode lutar de novo, Kelvin Gastelum, vamos apagar o No Contest do nosso cartel. Não me importa o resultado da sua luta hoje. Eu estou pronto!! Vamos fazer essa luta outra vez!!”, narrou.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Mais Esporte