Esporte

Após polêmica, Chiesa desafia Yamasaki para luta de grappling; árbitro brasileiro ironiza

Ag. Fight

25/07/2017 16h11

Mario Yamasaki é árbitro veterano no UFC – Reprodução/Instagram

Michael Chiesa ainda não esqueceu a derrota para Kevin Lee no UFC Fight Night 112, evento realizado no último dia 25 de junho em Oklahoma City (EUA), e a polêmica envolvendo o árbitro Mario Yamasaki. Após ter o seu recurso visando a anulação do resultado da luta negado pela Comissão Atlética de Oklahoma, ‘Maverick’ não se deu por vencido e, surpreendentemente, desafiou o juiz para uma luta de grappling. Rapidamente, o brasileiro respondeu às provocações e ironizou a proposta do americano.

Tudo começou com a polêmica interrupção da luta entre Chiesa e Lee no evento principal do UFC Oklahoma. Em determinado momento do duelo, quando o ‘Motown Phenom’ encaixou um justo mata-leão em Maverick, Yamasaki entendeu que o americano havia desmaiado e interrompeu a disputa para insatisfação da plateia, que passou a vaiar de forma ensurdecedora.

Indignado, Chiesa apelou junto à comissão e teve seu recurso rejeitado. Agora, o americano decidiu ir além e, na última segunda-feira (24), durante uma entrevista no programa ‘The MMA Hour’, desafiou Yamasaki para um duelo de grappling.

“Eu gostaria de testar a sua faixa preta quinto grau em uma luta amigável de grappling. Veremos se ele é tudo isso que diz. E não digo isso de maneira hostil. Estou dizendo que, se você é um faixa-preta quinto grau, você deveria sustentar as decisões que toma. Como um artista marcial, esse é o meu desafio aberto a ele – uma luta no Onnit Invitational no dia 30 de setembro”, declarou.

Faixa-preta de jiu-jitsu e judô, Yamasaki não tardou em responder a provocação de Chiesa. Através de uma entrevista ao site ‘MMA Fighting’, o árbitro ironizou o desafio e apontou que, independente do resultado da disputa de grappling, em nada mudaria o desfecho do duelo entre Maverick e Lee.

“Estou com 53 anos, não treino mais, como vou fazer isso? E qual o objetivo dele lutar comigo? O que isso iria mudar?  O que ele quer provar com isso? É infantil. Mesmo se ele me pegar ou pegar ele, não mudará em nada o que aconteceu naquela luta. O que ele está tentando provar?”, retrucou.

A derrota para Lee quebrou uma séria de três vitórias consecutivas de Chiesa. Aos 29 anos de idade, o americano coleciona na carreira um cartel com 14 triunfos e três reveses.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo